Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Alemanha perde diversas chances, mas Gomez garante classificação e 1º lugar do grupo



Até que enfim a Alemanha teve uma atuação digna de Alemanha na Euro 2016. Tudo bem que o adversário era a frágil Irlanda do Norte e o placar foi magro, mas a boa atitude na vitória por 1 a 0 em Paris, com diversas chances desperdiçadas, levou a Mannschaft às oitavas de final da competição como líder do grupo C, com sete pontos conquistados, mesma pontuação da Polônia, que avançou em segundo.

Clique e veja a agenda completa de jogos da Mannschaft

O rival da próxima fase ainda será definido e pode ser entre as seguintes seleções: Albânia (3ª do grupo A), Eslováquia (3ª do grupo B), Hungria, Islândia, Portugal ou Áustria (qualquer uma dessas equipes pode ser a 3ª do grupo F). O duelo está marcado para o dia 26 de junho, domingo que vem, a partir das 13h (de Brasília), em Lille.

Só dá Alemanha

Joachim Löw resolveu promover algumas mudanças na equipe, sacando Höwedes e Draxler e colocando Kimmich e Mario Gomez no time titular. E as mexidas deram resultado, já que o time dominou todo primeiro tempo, não passou sustos na defesa e criou inúmeras oportunidades. Neuer fez apenas uma tranquila defesa, em um chute de muito longe.

Logo no começo da partida, Özil deixou Müller na cara do gol, mas o meia-atacante alemão finalizou em cima do goleiro McGovern. Na sequência, Özil quase marcou, finalizando errado já dentro da área; e Götze teve a chance de abrir o marcador após ficar livre pelo lado direito, chutando para outra boa intervenção do arqueiro norte-irlandês.

Thomas Müller chegou perto em dois lances seguidos: primeiro chutou raspando a trave, e depois cabeceou na trave, aproveitando cruzamento de Kimmich. Mas aos 30 minutos a pressão surtiu efeito. Mario Gomez tabelou com Müller e recebeu de volta para chutar de perna esquerda e abrir o marcador. Antes do intervalo, Müller ainda acertou o travessão da Irlanda do Norte pegando de primeira um passe de Özil.

Foi só administrar

O segundo tempo começou do mesmo jeito que terminou o primeiro, com a Alemanha em cima e perdendo duas chances claríssimas, ambas com Mario Götze. A primeira finalização parou nas mãos de McGovern, cara a cara, e a segunda foi para fora. Khedira também obrigou o goleiro adversário a fazer excelente defesa em chute forte de fora da área.

Tranquila no duelo e com a vaga praticamente garantida, a Mannschaft tirou o pé do acelerador e passou a administrar o resultado. A Irlanda do Norte, precisando vencer, passou a se arriscar um pouco mais no seu campo de ataque, mas parou em mais uma boa atuação da dupla de zaga formada por Boateng e Hummels. Depois, Höwedes entrou no lugar de Boateng.

Nos minutos finais, Mario Gomez quase deixou sua marca mais uma vez. Após cruzamento perfeito de Kimmich, o centroavante cabeceou no canto e o arqueiro rival voou para espalmar; aos 44 minutos, Gomez girou sobre a marcação na entrada da área, bateu de esquerda e McGovern pegou de novo.

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 1 x 0 IRLANDA DO NORTE

Data: 21 de junho de 2016, terça-feira
Hora: 13h00 (de Brasília)
Local: Parc des Princes, em Paris (FRA)
Árbitro: Clement Turpin (França)
Assistentes: Frédéric Cano e Nicolas Danos (ambos França)
Assistentes de linha: Benoit Bastien e Fredy Fautrel (ambos França)
Cartões amarelos: -

GOLS
Alemanha: Mario Gomez, aos 30' do 1º tempo

ALEMANHA: Neuer; Kimmich, Boateng (Höwedes), Hummels e Jonas Hector; Khedira (Schweinsteiger) e Kroos; Thomas Müller, Özil e Götze (Schürrle); Mario Gomez. Técnico: Joachim Löw

IRLANDA DO NORTE: McGovern; Hughes, McAuley, Cathcart, J. Evans; Norwood, C. Evans (McGinn), St. Davis, Ward (Magennis) e Dallas; Washington (Lafferty). Técnico: Michael O'Neill

Veja mais fotos do duelo:








Nenhum comentário