Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Em jogo épico, BVB leva virada do Liverpool nos acréscimos e se despede da Liga Europa



O Borussia Dortmund não suportou a pressão em Anfield e, sofrendo um gol aos 46 minutos do 2º tempo, foi derrotado pelo Liverpool de virada por 4 a 3, caindo nas quartas de final da Liga Europa - no placar agregado, o time alemão perdeu por 5 a 4. O sonho do título inédito na segunda maior competição do continente foi adiado mais uma vez.

O BVB não se intimidou com o estádio lotado e partiu para cima logo no início, abrindo o marcador aos cinco minutos. Castro levantou para Aubameyang na área e Mignolet fez uma excelente defesa na finalização do gabonês, mas Mkhitaryan pegou o rebote e balançou as redes. Aos nove, Marco Reus deu linda assistência para Auba, que invadiu a área e chutou no ângulo, ampliando o placar.

Depois de levar os dois gols, a equipe do Liverpool tentou de todas as maneiras diminuir o prejuízo e assustou bastante o goleiro Weidenfeller, principalmente em jogadas com Philippe Coutinho, Origi, Lallana e Firmini. O Dortmund teve o contra-ataque à sua disposição e chegou perto de marcar o terceiro gol duas vezes com Aubameyang.

Logo no começo do segundo tempo, aos três minutos, o belga Origi recebeu lançamento por trás da zaga alemã e tocou por baixo de Weidenfeller, anotando o primeiro dos anfitriões. Nove minutos mais tarde, Hummels acertou um passe preciso para Marco Reus, que ficou livre na cara de Mignolet e colocou no cantinho, fazendo mais um para os visitantes.

Quando a classificação parecia já sacramentada a favor do BVB, o Liverpool marcou o segundo gol através do brasileiro Philippe Coutinho, aos 21 minutos, finalizando da entrada da área, longe do alcance de Weidenfeller. O gol de empate dos ingleses saiu aos 33, depois de cobrança de escanteio aproveitada pelo zagueiro Sakho, de cabeça, sozinho na pequena área. A reta final do duelo foi eletrizante e de pressão dos donos da casa, que marcaram aos 46 com Lovren, de cabeça, decretando a eliminação alemã.

Aos 49, Gündogan teve a chance de marcar em cobrança de falta, mas finalizou para fora, raspando a trave do Liverpool.

Nenhum comentário