Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Bayern empata em Portugal, vai à semi e mantém vivo o sonho do hexa



O Bayern de Munique está na semifinal da Champions League e segue em busca do hexacampeonato europeu. Nesta quarta-feira, a equipe bávara foi até Lisboa, empatou com o Benfica por 2 a 2 e eliminou os portugueses com o placar agregado de 3 a 2, já que havia conquistado a vitória mínima na Allianz Arena, na partida de ida. Agora é esperar pelo sorteio que define o adversário na próxima fase: Real Madrid, Atlético de Madri ou Manchester City.

O técnico Pep Guardiola surpreendeu na escalação ao deixar o artilheiro Robert Lewandowski no banco de reservas, colocando Thiago Alcântara, Vidal e Xabi Alonso no meio, com Ribéry, Douglas Costa e Thomas Müller formando o trio ofensivo. Na defesa, Kimmich e Martínez fizeram o miolo de zaga, com Alaba e Lahm abertos nas laterais.

O começo de partida do Bayern foi muito bom, dominando as ações no duelo com a manutenção da posse de bola, mas sem conseguir agredir o adversário. Aos 18 minutos, Müller conseguiu se livrar da marcação e finalizou para fora após cruzamento de Lahm. No lance seguinte, Vidal apareceu na área para cabecear nas mãos do goleiro Ederson.

A equipe portuguesa pouco atacava, mas conseguiu abrir o placar em sua primeira investida mais aguda. Eliseu levantou na área da intermediária, Manuel Neuer saiu mal do gol e Raul Jimenez aproveitou a falha do camisa 1 alemão e mandou para as redes. O Benfica quase marcou o segundo na sequência de novo com Jimenez, mas dessa vez Neuer pegou.

Sem se abalar com o gol dos anfitriões, o Bayern seguiu com o seu jogo de toque de bola até buscar o empate, aos 38 minutos. Douglas Costa fez boa jogada e encontrou Lahm, que cruzou à meia altura para intervenção do goleiro Ederson; atendo na entrada da área, o chileno Vidal pegou o rebote e soltou a bomba de canhota, pegando de primeira. Um belo gol.

A virada bávara saiu aos sete do segundo tempo, com Thomas Müller aproveitando assistência de cabeça de Martínez após cobrança de escanteio. Na base do contra-ataque, Douglas Costa quase marcou o terceiro depois de arrancar livre pela direita, mas o chute bateu na trave. Müller anotou mais um gol, anulado por impedimento.

O Benfica chegou a empatar o duelo e ter esperança aos 31 minutos, com Anderson Talisca batendo falta com perfeição, mas a reação parou por aí e os alemães fizeram a festa no estádio da Luz.

Nenhum comentário