Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Ataques falham, e clássico entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique fica sem gols



O tão aguardado clássico alemão entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique, no Signal Iduna Park, terminou sem gols. Mas não faltaram emoções. O problema é que os atacantes estavam com o pé descalibrado e falharam nas finalizações. Resultado de 0 a 0 bem melhor para os Bávaros, que atuaram fora de casa e seguram a vantagem de cinco pontos na liderança da Bundesliga (63 a 58) faltando nove rodadas para o fim.

Além da jornada ruim dos homens de frente, vale destacar as atuações seguras dos setores defensivos. Hummels, Bender, Durm e Schmelzer pelo lado aurinegro, e Kimmich, Alaba, Lahm e Xabi Alonso pelo lado vermelho.

Em um primeiro tempo bastante equilibrado, a primeira chance mais clara aconteceu com Thomas Müller, após saída estranha de Bürki, mas a finalização saiu por cima do gol. Na sequência, Aubameyang arrancou sozinho em contra-ataque, passou pela marcação de Kimmich e chutou para boa defesa de Neuer

O Borussia Dortmund assustou duas vezes com Marco Reus, que apareceu livre na área em ambos os lances e, na hora de chutar, foi travado pela zaga. Na melhor oportunidade da etapa inicial, Douglas Costa foi lançado em profundidade, ficou sozinho cara a cara com Bürki e finalizou em cima do arqueiro aurinegro.

Antes do intervalo, Durm fez boa jogada pelo lado direito e chutou à esquerda de Neuer, enquanto Robben teve a chance em duas finalizações da entrada da grande área. Na primeira, Bürki defendeu com segurança no meio do gol; depois, a bola passou raspando a trave esquerda.

Os anfitriões voltaram mais ligados para o segundo tempo e Aubameyang desperdiçou uma chance na frente de Neuer, aos cinco minutos, com o goleiro bávaro defendendo com os pés. A resposta do Bayern veio aos nove, em cruzamento de Müller e cabeçada perigosa de Vidal, passando perto da trave.

O chileno Vidal quase abriu o placar 10 minutos mais tarde depois de acertar o travessão do goleiro Bürki, que desviou o chute à queima roupa com a ponta dos dedos. A jogada assustou o BVB, que ficou mais em seu campo de defesa e passou a apostar nos contra-golpes, deixando a posse de bola com o Bayern. E numa rápida investida pela ponta direita que Aubameyang cruzou para Adrian Ramos perder uma boa chance de cabeça.

E ficou nisso. Jogo igual e sem gols.

Nenhum comentário