Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Com protesto e bolinhas de tênis, Dortmund elimina o Stuttgart e vai à semi

A dupla Reus-Aubameyang deu as caras nesta terça-feira e garantiu a classificação do Borussia Dortmund à semifinal da Copa da Alemanha. Com um gol e uma assistência de cada, o time aurinegro visitou o Stuttgart e venceu por 3 a 1, ficando vivo na briga pelo seu quarto título na competição (1965, 89 e 2012).


Por conta do alto preço dos ingressos, a torcida do Borussia Dortmund resolveu fazer um protesto diferente. Grande parte dos aurinegros entrou na Mercedes Benz Arena com 20 minutos de jogo e, na sequência, atiraram dezenas de bolinhas de tênis no gramado - isso porque o tênis é considerado um esporte de elite e com bilhetes altos, diferente do futebol, que é esporte popular.

Tanto que levaram uma faixa com a frase: "O futebol deve ser acessível".


A torcida que estava do lado de fora do estádio não viu o gol de Marco Reus, logo aos cinco minutos, recebendo cruzamento de Aubameyang. O Stuttgart empatou com um belo gol de Lukas Rupp, aos 21, finalizando da entrada da área, longe do alcance de Bürki. Porém, dez minutos mais tarde, o BVB voltou a marcar com Aubameyang, dessa vez aproveitando passe de Reus.

Em vantagem no marcador, os aurinegros se aproveitaram do desespero dos anfitriões e comandaram as ações no começo do segundo tempo, esperando o adversário no seu campo de defesa e atacando com perigo. Nos primeiros minutos, Aubameyang apareceu livre pela direita e soltou a bomba, bem defendida pelo goleiro Langerak.


O Stuttgart passou a ter mais volume de jogo a partir dos 25 minutos e incomodou bastante a defesa do BVB com Didavi e Kostic, principais articuladores dos Suábios. Entretanto, quem teve a chance mais clara foram os visitantes, com Marco Reus, mas o meio-campista finalizou em cima da zaga, já com o arqueiro adversário vendido. Na sequência, Mkhitaryan quase fez de cabeça.

No final, Kravets cabeceou após cobrança de falta e Bürki defendeu com segurança. No lance seguinte, Mkhitaryan saiu cara a cara com Langerak e chutou por cima de perna esquerda. Aos 44, Aubameyang puxou contra-ataque espetacular pela esquerda, avançou para área e deixou o meia armênio livre para anotar o terceiro, decretando o triunfo fora de casa.

Um comentário:

  1. O Borussia é o que eu chamo de time operário! Vários jogadores são verdadeiros carregadores de piano: Sokratis, Kramer, Gundogan, Miktarian e até Aubameyang!! Reus é o craque, assim como Hummels!! Pelos lados do tradicionalíssimo Stuttgart, creio que o time evoluiu muito nos últimos jogos ( pelo menos nos últimos que eu vi!) pela estrutura que tem os suábios não se admite que até dia desses eles estavam no Z3 da Bundesliga! Acho ainda que o garo Timo Werner fez falta ontem!!

    ResponderExcluir