Saiba quem é Julian Nagelsmann, o treinador que revoluciona o futebol europeu

Em fevereiro de 2016, o Hoffenheim ocupava a vice-lanterna da Bundesliga, caminhava a passos largos rumo à segunda divisão e ainda perdeu o experiente técnico Huub Stevens por conta de problemas de saúde. A solução da diretoria naquele momento foi efetivar o jovem Julian Nagelsmann como novo treinador da equipe - ele comandava o time sub-19 do Hoffe.

De lá para cá, Nagelsmann foi responsável por uma verdadeira revolução no futebol. Além de salvar a equipe do rebaixamento na temporada 2015/2016, conseguiu a proeza de deixar o modesto Hoffenheim entre os primeiros colocados do Campeonato Alemão na temporada 2016/2017, classificando o clube pela primeira vez na história à Liga dos Campeões da Europa.

Mas quem é o jovem comandante de apenas 29 anos de idade (ele completa 30 anos em julho)?

Julian Nagelsmann teve uma carreira muito curta como jogador de futebol. Uma série de graves lesões no joelho o forçou a encerrar sua carreira de forma precoce, ainda aos 21 anos de idade, tendo atuado pouco por Munique 1860 II e Augsburg II, equipes que jogam divisões inferiores na Alemanha. Em 2008, mesmo ano que pendurou as chuteiras, virou assistente técnico das categorias de base do Augsburg II.

Depois, o treinador ainda passou pelo sub-17 de Munique 1860 como auxiliar, também foi auxiliar na equipe sub-17 do Hoffenheim e teve a primeira experiência como treinador principal no mesmo time junior do Hoffe, em 2011. Ele foi técnico da equipe sub-19 do clube até 2016, quando assumiu a equipe principal.

Nagelsmann fez diversos cursos de treinador oferecidos pela DFB (Federação Alemã) e sua visão moderna de futebol prioriza trabalho com bola nos treinamentos, sempre implementando o mesmo estilo de jogo contra todos os adversários, independente da sua força - contra o poderoso e campeão Bayern de Munique, por exemplo, não perdeu na temporada: empate por 1 a 1 na Allianz Arena e vitória por 1 a 0 em casa.

Uso da tecnologia

O treinador do Hoffenheim encontrou na tecnologia uma aliada importante e bastante fundamental para obter sucesso, usando ferramentas e aplicativos específicos, como Footbonaut e Helix, que medem o poder de reação e concentração dos seus atletas. Nagelsmann analisa os seus comandados e também os seus rivais juntamente com a comissão técnica.

E mais do que isso. O jovem treinador usa o WhatsApp nas horas de folga para enviar mensagens aos seus jogadores com instruções, dicas e conselhos. Ciente do peso que as redes sociais têm na sociedade atualmente, ele não proíbe que os atletas do Hoffe utilizem seus celulares, mas pede um uso responsável.

Família, Messi e Maradona

Em uma entrevista recente ao diário espanhol "El Pais", Julian Nagelsmann revelou que suas melhores ideias aparecem quando está tomando banho. Depois, corre para anotá-las. Ele salientou também o valor que a família tem na sua vida, já que usa os filhos e a esposa como rota de fuga da enorme pressão do mundo do futebol.

Além disso, na mesma reportagem, Nagelsmann não hesitou em escolher os melhores jogadores do mundo: Diego Maradona acima de Pelé e Lionel Messi acima de Cristiano Ronaldo.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário