Quantas camisas os jogadores rivais podem trocar após os jogos da Bundesliga?



No futebol, assim que o árbitro pita o fim de jogo, é comum os jogadores dos times rivais trocarem de camisa ou até mesmo presentear seus torcedores nas arquibancadas. Na Alemanha acontece em praticamente todas as partidas.

E mais: Conheça os mascotes dos principais clubes da Alemanha

Mas sabia que os clubes adotam uma regra em cima disso?

Alguns não estipulam limites, deixam os atletas trocar ou doar quantas camisas quiserem, enquanto outros determinam uma cota certa para cada jogador. E se caso o jogador ultrapasse essa cota, terá que reembolsar o clube com dinheiro do próprio bolso.

O diário Bild fez um levantamento bem interessante de como funciona essa política nos 18 times da primeira divisão da Bundesliga. Confira abaixo:

Bayern de Munique
Os jogadores podem trocar camisas quantas vezes quiserem e também podem presentear amigos, o clube dá essa possibilidade ilimitada.

Borussia Dortmund
Assim como o Bayern, os jogadores aurinegros têm camisas ilimitadas para trocar com rivais e dar para torcedores nas arquibancadas.


Bayer Leverkusen
O clube não informou quantas, mas a cota por jogador é limitada. Se o atleta ultrapassar, essas camisas a mais são descontadas do salário.

Borussia M'gladbach
Todos os jogadores podem trocar ou doar 10 camisas por temporada, contando todas as competições. Se quiserem mais, devem pagar do próprio bolso.

Schalke
Os jogadores também têm uma cota determinada e que não foi divulgada pelo clube. Os atletas pagam pelo que passar desse limite.


Mainz
O clube segue Bayern e Dortmund e não estipula limite de camisa. Os jogadores podem trocar, doar ou presentar à vontade.

Hertha Berlim
No clube da capital, cada jogador tem apenas cinco camisas para trocar ou presentar por temporada. O que passar disso, os atletas pagam do próprio bolso

Wolfsburg
Os jogadores dos Lobos têm 17 camisas para poder trocar. O excedente deve ser pago pelo atleta.

Colônia
Nos Bodes o limite por temporada é de 10 camisas. Passando disso, o jogador paga por unidade.


Hamburgo
Não existe um controle de trocas de camisas determinado no Hamburgo, pode ser feita a troca ou dar de presente normalmente. Mas o clube recomenda aos seus jogadores que não façam isso nos jogos.

Ingolstadt
Os jogadores do Ingolstadt têm uma cota fixa e determinadas de camisas por temporada, mas o clube não informou quantas. O que passar, é reembolsado pelos atletas.

Augsburg
Mesma situação do Ingolstadt. Existe um limite, não informado pelo clube, e o que passar deve ser pago pelos jogadores.


Werder Bremen
Os jogadores dos Papagaios têm direito a trocar ou presentar sete camisas por temporada. Se passar, o atleta paga.

Darmstadt
No Darmstadt, os jogadores podem trocar quantas camisas quiserem. Mas terão que pagar por todas pelo valor de custo.

Hoffenheim
São 10 camisas por jogador. Se passar desse limite, os atletas pagam. Isso para jogos de campeonatos nacionais, já que o clube permite que façam trocas em jogos internacionais - o time só precisa se classificar.

Eintracht Frankfurt
Cada jogador pode trocar cinco camisas por temporada. Se passar, o clube é reembolsado pelo jogador ou até mesmo pelo patrocinador, dependendo do caso.

RB Leipzig
Em seu primeiro ano de Bundesliga, o clube estipulou que cada jogador pode trocar 10 nesta temporada. O excedente será pago pelo próprio jogador no valor de 95 euros cada.

Freiburg
O clube não quis informar como funciona essa política entre os jogadores. 
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário