Ad Home

Últimas

Schalke e Dortmund se enfrentam ainda debaixo da sombra de Adolf Hitler

Há uns dois anos fiz uma matéria bem legal para o Portal iG sobre a rivalidade entre Borussia Dortmund e Schalke na Alemanha. Como teremos o superclássico no próximo final de semana, vale a pena relembrar um pouco dessa história entre os clubes - adaptado, claro, para atual edição da Bundesliga.

Eis o texto:

O principal jogo da 12ª rodada da Bundesliga será o superclássico do Vale do Ruhr entre Borussia Dortmund e Schalke, domingo, no Signal Iduna Park. A rivalidade entre azuis-reais e aurinegros é a maior da Alemanha por se tratarem de dois times populares e de cidades vizinhas do oeste do país - Dortmund e Gelsenkirchen são separadas apenas por 35 km - e pelo contexto histórico e político bastante particular por trás dos clubes.

No século passado, o Schalke era o clube preferido dos trabalhadores alemães e chegou a ser usado por Adolf Hitler como símbolo do nacionalismo. O líder nazista, apesar de não ser muito fã de futebol, era torcedor do time de Gelsenkirchen. Já o Borussia Dortmund era comandado por pessoas opositoras à política de extrema direita da época. Por ordem de Hitler, os dirigentes do BVB foram destituídos, perseguidos pelo regime e, posteriormente, fuzilados.

*Nota: Depois da reportagem, o Schalke me mandou um e-mail dizendo que Hitler não era torcedor azul-real, mas pesquisei com alguns historiadores e autores de livros e eles disseram que haviam indícios dessa preferência do ditador pelo time de Gelsenkirchen

Coincidência ou não, um dos períodos mais vitoriosos da história do Schalke foi durante o nazismo. Enquanto Hitler comandava o '3º Reich', os azuis-reais conquistaram seis títulos alemães (1934,1935, 1937, 1939, 1940 e 1942) e ainda ganharam a Copa da Alemanha de 1938. O Borussia Dortmund, fundado em 1909, só conseguiu vencer o Schalke, fundado em 1904, no ano de 1943. Até então, eram 17 vitórias azuis e um empate.

Jogadores do Schalke fazendo reverência nazista em um jogo

Nesta edição da Bundesliga, o Dortmund está na vice-liderança com 26 pontos conquistados, enquanto o Schalke aparece na 4ª colocação, com 20. A tendência é que o duelo deste domingo seja bastante tenso dentro e fora de campo. Como sempre foi e sempre será.

3 comentários:

  1. Nunca foi confirmado esses BOATOS, que Hitler era torcedor do Schalke, como o texto afirma. Mau jornalismo isso aí, e olha que eu sou torcedor do BVB.

    ResponderExcluir
  2. Não importa o time que o Hitler torcia. Boato ou fato, o Schalke não perde e nem ganha nada com isso. A atualidade de ambos os times é muito mais bonita do que naquela época, é mais rica. São dois grandes clubes que encantam e estremecem a Alemanha.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o Fabrício. Já havia alertado isso na outra matéria do Portal iG... acho errado divulgar boatos em uma matéria jornalística que se diz séria.

    ResponderExcluir