Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Colônia conta com apoio de estrela do hóquei mundial para tentar parar o Bayern. Entenda

Por Carlos Eduardo Schon (@cadado_schon)

Normalmente, quando se joga contra uma equipe como o Bayern de Munique, é preciso e necessário ter atletas que tenham aquele famoso “algo a mais”. Especialmente no momento atual, com os bávaros tendo sido coroados campeões europeus há poucos meses e goleado o Atlético de Madrid há poucas semanas.

A boa noticia é que o Colônia conta com esse apoio na Bundesliga. Bom, pelo menos vindo das arquibancadas e surpreendentemente do hóquei.

Leon Draisaitl foi, nada mais nada menos, o MVP da última temporada da NHL atuando pelo Edmonton Oilers, do Canadá.

Com marcas expressivas, como 43 gols e 67 assistências em 71 jogos, o jogador de 25 anos foi o primeiro alemão da história a faturar não só o MVP da temporada, como também o artilheiro do ano, além de o melhor pelos próprios companheiros de profissão.

Mais interessante que seus feitos e marcas só poderia ser o fato de o melhor jogador de hóquei do mundo ser torcedor fanático do Colônia!

Natural da própria cidade, Draisaitl é um torcedor assíduo dos bodes. No Rheinisches Derby do dia 3 de outubro pelo Campeonato Alemão, por exemplo, foi possível notar a presença do esportista no RheinEnergieSTADION, apesar do Köln ter perdido por 3 x 1 para o Gladbach.

Em entrevista para o Sportbuzzer no ano passado, o jogador de hóquei mostrou porque é considerado um fã de verdade. “Eu tento sempre me manter informado. Eu assisto, por exemplo, frequentemente os resumos dos jogos do Colônia”. 

Já em outra entrevista também de 2019, mas para a Deutschen Presse- Agentur, o melhor do mundo citou que mantém contato com um dos mais simbólicos ídolos recentes do Köln, Lukas Podolski.

“Nós nos escrevemos e nos mantemos em contato”. Naquela altura, ele até fez lobby para que Poldi voltasse para os bodes, onde foi revelado para o futebol. “Poldi é a cara da cidade e do clube. Para os fãs seria incrível, eu acharia isso bom”, completou.

Com apenas dois pontos em cinco partidas, os Geißböcke ainda buscam sua primeira vitória nessa temporada de Bundesliga. Contra o Bayern, a busca pela reabilitação é ainda mais complicada. 

“Eu espero que a equipe lute para sair dessa situação e que ainda ache esse ano um final apaziguador”, disse o alemão essa semana ao site da Bundesliga.  

Será que o apoio de uma referência e um dos maiores jogadores de hóquei será capaz de dar o gás necessário para o Colônia complicar a vida da equipe de Hansi Flick na Bundesliga? Isso é o que vamos descobrir. 

Nenhum comentário