Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Como os times voltam para o Campeonato Alemão? Qual tem a tabela mais fácil? Quem está lesionado? Veja a análise

O Campeonato Alemão está paralisado desde o dia 11 de março e tem seu retorno marcado para o próximo dia 16 de maio, sábado que vem. E como estão os times nesses mais de dois meses de interrupção?

Lembrando que faltam 9 rodadas e o Bayern de Munique lidera com 55 pontos, seguido por Borussia Dortmund (51), RB Leipzig (50) e Borussia M'gladbach (49).

Vamos à análise:

Bayern de Munique
A grande notícia é que Lewandowski está pronto. Ele desfalcaria o time por quatro ou cinco jogos, mas a pausa fez o atacante se recuperar bem de lesão. Perisic também. Mas Philippe Coutinho, Tolisso e Süle não poderão ajudar o líder, que estava embalado antes da paralisação, tanto na Bundesliga quanto na Champions. Os Bávaros têm três duelos difíceis na reta final contra Dortmund, Gladbach e Leverkusen.

Borussia Dortmund
Para variar, Marco Reus não está apto para jogar nesta retomada da Bundesliga - o camisa 11 deve voltar em duas semanas. Além dele, o BVB pode ter o desfalque de Emre Can, Witsel e Zagadou. Na reta final, o time aurinegro tem dois duelos diretos: contra Bayern de Munique (em casa) e RB Leipzig (fora), além do superclássico diante do Schalke (em casa). E terá uma grande desvantagem em fazer essas partidas importantes sem torcida, já que a atmosfera do Signal Iduna Park ajuda demais.

RB Leipzig
Tem a tabela teoricamente mais fácil entre os líderes, enfrentando adversários do meio e da parte de baixo da tabela. Tem o confronto direto contra o Dortmund, em casa. O defensor Orban segue de fora, mas o meia Kevin Kampl e o zagueiro Konaté se recuperaram de lesão durante o surto de Covid-19 e reforçam a equipe, que estava embalada após eliminar o Tottenham nas oitavas da Champions.

Borussia M'gladbach
Apenas Zakaria será desfalque. O clube ainda briga por título e tem duelo direto contra o Bayern de Munique. Além disso, faz confronto decisivo contra o Bayer Leverkusen na luta por vaga na Champions League. E, ao jogar em casa no Borussia Park, os Potros terão apoio da torcida - ainda que em papelão. Mas já é alguma coisa diferente nesses jogos sem torcedores.

Bayer Leverkusen
Volland continua fora, mas os irmãos Bender, Alario e Amiri estão recuperados de problemas físicos. O time estava embalado e bem fisicamente antes da parada. O atacante brasileiro Paulinho foi o grande nome da última rodada, com dois gols e uma assistência, e pode ser o diferencial dos Leões nos jogos restantes da Bundesliga.

Schalke
Os Azuis-Reais foram beneficiados com a pausa, já que alguns atletas lesionados se recuperaram e podem atuar: Sané, Serdar, Caligiuri e Juan Miranda. Seguem com problemas Kabak, Stambouli e Mascarell. Antes da parada, o S04 amargava um jejum de sete jogos seguidos sem vitória.

Wolfsburg
Foi o primeiro clube a voltar aos treinos na Alemanha, em 23 de março, ainda que em grupos divididos. Então a condição física é boa, considerada pela imprensa alemã em um nível alto. Guilavogui, o brasileiro William e Ignacio Camacho são os desfalques para sequência da temporada.

Freiburg
Com exceção do zagueiro Lukas Kübler, todos os outros jogadores do elenco estão em forma para o retorno do Alemão. A maior desvantagem para o time é não poder atuar com torcida na Floresta Negra. O estádio se torna um verdadeiro caldeirão para os rivais e ajuda demais na busca por bons resultados em casa.

Hoffenheim
Os atacantes Kramaric e Adamyan ainda estão lesionados (ambos no tornozelo), mas Dabbur voltou aos treinos após problema no joelho e pode ser reforço importante na reta final. Já Belfodil não atua mais na temporada, com lesão no joelho. O técnico Alfred Schreuder disse em entrevista que seus jogadores estão bastante animados para volta do futebol, o que é um ponto positivo.

Colônia
O zagueiro Czichos pode retornar e completar o elenco. O time vinha de uma boa série de oito vitórias os últimos 11 jogos e pretende manter a boa fase, brigando por vaga na Liga Europa.

Union Berlin
O meia Malli, que tesou positivo para o coronavírus durante a pausa, deve estar apto no reinício. O artilheiro Andersson se recuperou de lesão e pode pintar no time, mas o atacante Gogia segue sendo desfalque. No clube, as negociações por novos contratos pode desviar um pouco o foco esportivo, já que muitos jogadores saem ao final da temporada.

Frankfurt
As Águias poderão contar com o retorno do atacante holandês Bas Dost, recuperado de lesões constantes e já em forma. Gelson Fernandes e Torró também estão recuperados e prontos para atuar. Já Russ segue como desfalque. 

Hertha Berlim
Todos os jogadores estão disponíveis, mas o time voltou a treinar recentemente e não está em condições físicas ideais. O técnico Bruno Labbadia assumiu o comando da equipe durante a paralisação e isso pode ser uma injeção de ânimo. Porém, a polêmica com o atacante Kalou, que postou um vídeo indo contra as normas de higiene na Alemanha, deixou o clima um pouco pesado nos últimos dias. 

Augsburg
A equipe reinicia a Bundesliga com um novo técnico: Heiko Herrlich. Desde quando assumiu e começaram os treinamentos, ainda em março, o comandante fez trabalhos secretos e não deu pistas de como a equipe vai se portar.

Mainz
De todos os jogadores, apenas o goleiro Zentner não poderá atuar. O zagueiro Bruma disse recentemente que o time se preparou mentalmente para o retorno e jogos sem torcida, mais do que na parte física.

Fortuna Düsseldorf
Morales e Bodzek usaram a pausa para se recuperarem de lesão e podem retornar, mas o goleiro Steffen e o atacante Kownacki seguem de fora. No começo de maio, o time chegou a fazer um coletivo em campo inteiro, titulares contra reservas, e está trabalhando desde o começo de abril. A condição física dos jogadores está boa.

Werder Bremen
Toprak pode voltar na semana que vem, mas Füllkrug e Möhwald não devem mais atuar na temporada. O goleiro Pavlenka e o meia-atacante Bartels são os grandes reforços nesta reta final. O clube foi um dos últimos a voltar aos treinos com todos os jogadores do elenco e a condição física pode pesar contra.

Paderborn
Lanterninha da competição, o Paderborn poderá ter Mamba e Kilian, recuperados de lesão. O clube demitiu o diretor de futebol Martin Przondziono e isso pode causar um impacto negativo nas rodadas restantes, já que o clima não ficou dos melhores.



Nenhum comentário