Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Rebaixamento? "Virada de mesa" mantém Alemanha na primeira divisão da Liga das Nações

A seleção da Alemanha, que havia sido rebaixada na Liga das Nações, não vai mais ter que disputar a segunda divisão da competição europeia.

Não? Como assim?

Em uma espécie de "virada de mesa", a Uefa ampliou o número de times da Liga das Nações A de 12 para 16, fazendo com que seleções que haviam sido rebaixadas na edição 2018/19, como a Alemanha, seguissem na elite do torneio.

O que o rebaixamento na Liga das Nações significa para seleção alemã?

Além da Mannschaft, Croácia, Islândia e Polônia também foram beneficiadas com a mudança e seguem na primeira divisão.

As Ligas B e C também passaram de 12 para 16 equipes, enquanto a D, referente à quarta divisão, terá apenas sete países.

Com esta modificação, a próxima edição passará a ter 160 partidas (22 a mais que as 138 da primeira) que vão gerar segundo as previsões da Uefa mais de 500 milhões de euros de receita.

2 comentários:

  1. NAO CONCORDO COM ISSO CAIU DE A VOLTA POR CIMA E RETORNE P. SERIE A ,MAS DA MANEIRA CORRETA NAO DESSA FORMA .ISSO TA VIRANDO O FUTEBOL BRASILEIRO ONDE 0 FLUMINENSE FOI REBAIXADO 2X E VOLTOU NESSAS VIRADAS .ALEMANHA E SUPERIOR A ISSO E NAO PODE VOLTAR DESSA FORMA PORRA QUE MERDA .

    ResponderExcluir
  2. Xiiii...UEFA ta aprendendo com a CBF a fazer falcatruas ? As vezes futebol da nojo

    ResponderExcluir