Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Lewa e Neuer brilham, Bayern derrota o RB Leipzig e é campeão da Copa da Alemanha pela 19ª vez

É campeão!!! O Bayern de Munique derrotou o RB Leipzig neste sábado, no Estádio Olímpico de Berlim, e conquistou o título da Copa da Alemanha pela 19ª vez na sua história. Os gols da vitória por 3 a 0 foram anotados por Lewandowski (duas vezes) e Coman.

E o goleiro Manuel Neuer, retornando à meta do Bayern após se recuperar de lesão, garantiu a conquista fazendo duas defesas espetaculares.


Com o título da DFB Pokal, o Bayern garantiu a dobradinha caseira na temporada 2018/2019, já que também levou a Bundesliga na semana passada.

Aliás, como o time de Munique foi campeão das duas competições nacionais, a Supercopa da Alemanha no meio do ano será disputada entre Bayern e Borussia Dortmund, o vice-campeão alemão - a data e o local ainda não foram definidos. O jogo abrirá a temporada 2019/2020.


A primeira finalização do jogo saiu dos pés de Gnabry, logo aos três minutos, mas quem dominou as ações até a metade da etapa inicial foi o RB Leipzig, que teve muito mais volume ofensivo e criou algumas boas oportunidades.

Aos 10 minutos, Manuel Neuer fez uma defesa espetacular em cabeçada de Poulsen, à queima roupa da entrada da pequena área, espalmando para escanteio. Na sequência, Poulsen e Timo Werner foram travados na hora H por Kimmich quando estavam prontos para chutar a gol, da entrada da área.

Em sua primeira grande oportunidade, o Bayern saiu na frente. Aos 29 minutos, Coman deu para Alaba, que cruzou na medida para Lewandowski cabecear no contrapé do goleiro Gulácsi, abrindo a conta na capital alemã.


Depois de marcar, o time de Munique seguiu melhor no duelo e quase ampliou aos 41. Hummels lançou Coman, que driblou o arqueiro do Leipzig e chutou para o gol, mas o zagueiro Konaté salvou de cabeça em cima da linha.

Aos 44, Thomas Müller cruzou na área e Hummels desviou para boa defesa de Gulácsi, com os pés, meio que no susto.

O segundo tempo começou com o Leipzig em cima e quase empatando. Forsberg foi lançado em profundidade por Konaté, saiu sozinho cara a cara com Neuer e parou em outra defesaça do goleiro bávaro, com os pés, mandando para escanteio. Depois Neuer fez intervenção em finalização de Werner.


O Bayern apareceu bem no ataque aos 10 minutos em cruzamento de Coman, que passou por Lewa e chegou em Gnabry na segunda trave. O atacante chutou mascado e goleiro adversário conseguiu defender. No minuto seguinte, Gulácsi pegou finalização perigosa de Lewandowski.

Timo Werner quase igualou o marcador na sequência. O zagueiro Süle, no entanto, conseguiu salvar o chute do atacante em cima da linha, com Neuer já batido no lance.

Depois desse susto, o Bayern teve três chances claras para ampliar. Na primeira, Hummels avançou da intermediária e soltou a bomba de fora, parando em Gulácsi; depois, Thiago Alcântara quase marcou de cabeça; por fim, Müller bateu colocado da entrada da área e a bola saiu raspando a trave.


Aos 22 minutos, Gnabry cruzou e Lewa cabeceou muito perto do gol.

O segundo gol do Bayern saiu aos 34 minutos com Coman. O lateral Kimmich tentou encontrar Lewandowski na área, a defesa rebateu mal e o atacante francês dominou na área, passou pela marcação e estufou as redes. Festa bávara no Estádio Olímpico de Berlim.

Faltando cinco minutos para o fim do jogo, Lewandowski puxou contra-ataque, ganhou de Upamecano na velocidade e ficou sozinho na frente de Gulácsi. Com muita calma, o artilheiro polonês deu um leve toque por cima do arqueiro do Leipzig e decretou o triunfo.


Escalações:

RB Leipzig: Gulácsi, Klostermann, Orban (Upamecano), Konaté (Haidara) e Halstenberg; Adams (Laimer), Kampl, Sabitzer e Forsberg; Timo Werner e Poulsen

Bayern de Munique: Neuer, Kimmich, Süle, Hummels e Alaba; Javi Martínez (Tolisso), Thiago Alcântara e Thomas Müller; Coman (Ribéry), Gnabry (Robben) e Lewandowski

Confira fotos da final da Copa da Alemanha na galeria abaixo:


2 comentários:

  1. Bayern precisa de jogadores e rejuvenescer o seu elenco. Alguns jogadores já não estão mais no mesmo nível. Hummels, Boateng, Alaba e Martinez. Acredito que dá pra resolver na própria bundesliga. Ginter, Tah, Halstenberg ou Plattenhardt, Klaassen e ou Eggestein para vagas dos citados acima e para os lugares de Rafinha, Robben e Ribéry sugiro Klostermann, Havertz e Draxler. Werner seria uma boa sombra para Lewandowski

    ResponderExcluir
  2. Vencer a Champions nada neh?
    Só títulos nacionais é muito pouco para o Bayer

    ResponderExcluir