Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Jogo maluco, expulsão, VAR, viradas e 9 gols: Bayern faz 5 a 4 no Heidenheim e vai à semi da Copa da Alemanha

Em uma partida maluca, com duas viradas e recheada de gols, o Bayern de Munique passou pelo Heidenheim na Allianz Arena e avançou à semifinal da Copa da Alemanha. O placar de 5 a 4 foi construído mesmo com o time bávaro atuando com um jogador a menos desde os primeiros minutos de jogo.

Lembrando que o Heidenheim atualmente ocupa a sexta colocação da 2.Bundesliga, quatro pontos atrás do terceiro colocado - posição do playoff - e ainda brigando por uma vaga na primeira divisão da próxima temporada.

Tudo indicava uma classificação tranquila do Bayern, que abriu o placar logo aos 12 minutos de jogo, em cabeçada de Goretzka após batida de escanteio de Kimmich.

Porém, aos 15, tudo se complicou com a expulsão de Süle - o zagueiro cometeu falta em Robert Andrich na entrada da área e, por ser o último homem, levou o vermelho direto. O árbitro ainda recorreu ao VAR para aplicar o cartão ao defensor.


Na cobrança da falta, Schnatterer acertou o travessão. No minuto seguinte, Dovedan exigiu boa defesa de Ulreich, que substituiu o lesionado Manuel Neuer.

Com a pressão dos visitantes, o técnico Niko Kovac tirou Ribéry e colocou Boateng para recompor a zaga.

O empate do Heidenheim saiu aos 26 minutos: Schnatterer cruzou na área e Robert Glatzel marcou de cabeça. Aos 39, em rápido contra-ataque, os visitantes viraram em tento de Schnatterer, finalizando no canto de Ulreich.


O Bayern voltou para o segundo tempo com Lewandowski e Coman nas vagas de James Rodríguez e Rafinha, respectivamente. E o time melhorou. Mesmo com um jogador a menos, conseguiu voltar à frente do placar.

Aos oito minutos, Lewa deu assistência de cabeça para Thomas Müller marcar um belo gol, batendo de primeira. Três minutos mais tarde, Müller retribuiu a gentileza e deu passe para Lewandowski deixar sua marca, fazendo o terceiro dos Bávaros.

O quarto gol saiu aos 20 minutos, com Gnabry aproveitando assistência de cabeça de Hummels. A princípio, o árbitro anulou o tento alegando impedimento, mas o VAR confirmou após mostrar que o atacante estava em posição legal.


A equipe visitante não se abalou e buscou um novo e impressionante empate. Aos 29, Glatzel recebeu na entrada da área e chutou no canto, marcando o terceiro; três minutos depois, Hummels cometeu pênalti sobre Dovedan - confirmado pelo VAR - e Glatzel cobrou para igualar o marcador.

Quando o jogo caminhava para a prorrogação, Lewa recebeu na área, matou no peito e o lateral Marnon Busch colocou a mão na bola. Pênalti marcado e convertido pelo próprio camisa 9 polonês, decretando o 5 a 4 a favor do Bayern.

E a rede só não balançou mais vezes porque Gnabry ainda acertou duas bolas no travessão.

Jogos de terça-feira


Outros dois semifinalistas foram decididos na terça-feira. Em Paderborn, o Hamburgo contou com dois gols do atacante Lasogga, ambos no segundo tempo, para eliminar o rival da segunda divisão e avançar na Pokal.

Depois, o RB Leipzig passou pelo Augsburg vencendo por 2 a 1 com direito a gol de pênalti no último minuto da prorrogação, marcado por Halstenberg.

No tempo normal, empate em um gol: Timo Werner abriu o placar aos 29 minutos da etapa final e Finnbogason igualou o marcador aos 48 minutos, no último lance da partida, levando a decisão para o tempo extra.

Fundado em 2009, é a primeira vez que o Leipzig chega em uma semifinal de Copa da Alemanha.

Confira os jogos das quartas de final da Pokal:

Terça, 2 de abril
Paderborn 0 x 2 Hamburgo
Augsburg 1 x 2 RB Leipzig

Quarta, 3 de abril
Bayern de Munique 5 x 4 Heidenheim
Schalke x Werder Bremen (às 15h45)

Nenhum comentário