Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Após prorrogação eletrizante, Werder elimina o Dortmund nas penalidades; Bayer Leverkusen também cai

Borussia Dortmund e Werder Bremen disputaram um dos duelos das oitavas de final da Copa da Alemanha nesta terça-feira, no Signal Iduna Park, e o atual líder da Bundesliga ficou pelo caminho. Após empate por 3 a 3 em uma prorrogação eletrizante de quatro gols, os Papagaios venceram nos pênaltis por 4 a 2 e estão nas quartas da DFB Pokal.

O BVB não pôde contar com Jadon Sancho e com os goleiros Bürki e Hitz, todos com uma infecção, então o técnico Lucien Favre promoveu a estreia do desconhecido Eric Oelschlägel, terceira opção para meta aurinegra - o arqueiro de 23 anos de idade chegou ao clube no ano passado, vindo justamente do Werder Bremen.

E Oelschlägel não teve culpa no gol dos visitantes que saiu logo aos cinco minutos: Max Kruse bateu falta da entrada da área e Rashica desviou para abrir o marcador.

A equipe de Dortmund encontrou muitas dificuldades na criação e levou pouco perigo à meta de Pavlenka durante a etapa inicial, mas conseguiu empatar no último lance antes do intervalo. Witsel sofreu falta na meia-lua e Marco Reus cobrou com categoria, no ângulo.

Reus sentiu um problema na virilha a caminho do vestiário e nem voltou para o segundo tempo, dando lugar a Paco Alcácer. Mesmo sem o seu melhor jogador em campo, os anfitriões tiveram bom volume de ataque, mais posse de bola e incomodaram a zaga do clube de Bremen.

Aos 44, Oelschlägel fez uma defesa espetacular em batida de falta de Kruse. No lance seguinte, Delaney quase marcou para o Dortmund, cabeceando no travessão.

Com a igualdade por 1 a 1 no tempo normal, a definição da vaga foi para a prorrogação. No final da primeira etapa, Pulisic puxou contra-ataque, tabelou com Alcácer e virou o jogo para os aurinegros; no começo do segundo tempo, o experiente peruano Claudio Pizarro deixou tudo igual novamente com um belo gol.

Os donos da casa foram para cima buscando mais um gol e conseguiram aos oito minutos. Philipp fez grande jogada individual pela direita e cruzou na medida para o lateral Hakimi fazer às vezes de centroavante e balançar as redes.

Nos minutos finais, o goleiro Oelschlägel fez uma defesaça em finalização de Klaassen. Na sequência, Martin Harnik subiu mais alto que a zaga do BVB em batida de escanteio e igualou o placar aos 14 minutos, levando o duelo para os pênaltis.

Nas penalidades, Paco Alcácer e Philipp pararam em defesa de Pavlenka, enquanto Witsel e Weigl marcaram para o Dortmund. Pelo lado do Werder Bremen, Pizarro, M. Eggestein, Klaassen e Max Kruse não desperdiçaram, colocando os visitantes na próxima fase.


De resto, só time da 2ª divisão classificado. Jogando em Heidenheim, o Bayer Leverkusen saiu na frente dos anfitriões com gol de Julian Brandt, aos 44 minutos do primeiro tempo, mas os donos da casa tomaram conta na etapa final e viraram em tentos de Dovedan e Multhaup.


Já o tradicional Hamburgo, atual líder da 2.Bundesliga, fez 1 a 0 sobre o Nuremberg, gol de Özcan, e também está nas quartas de final. E no duelo entre times da 2ª divisão, melhor para o Paderborn contra o Duisburg, mesmo fora de casa: 3 a 1.


Datas da DFB Pokal:

Quartas de final: 2 e 3 de abril de 2019
Semifinais: 23 e 24 de abril de 2019
Final: 25 de maio de 2019

Resultados da terça-feira:

Hamburgo (2ª divisão) 1 x 0 Nuremberg (1ª divisão)
Heidenheim (2ª divisão) 2 x 1 Bayer Leverkusen (1ª divisão)
Borussia Dortmund (1ª divisão) 3 (2) x (4) 3 Werder Bremen (1ª divisão)
Duisburg (2ª divisão) 1 x 3 Paderborn (2ª divisão)

Jogos de quarta-feira:

Holstein Kiel (2ª divisão) x Augsburg (1ª divisão)
RB Leipzig (1ª divisão) x Wolfsburg (1ª divisão)
Schalke (1ª divisão) x Fortuna Düsseldorf (1ª divisão)
Hertha Berlim (1ª divisão) x Bayern de Munique (1ª divisão)

Nenhum comentário