Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 12ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Kevin Trapp (Eintracht Frankfurt)

Se no PSG não deu certo, Trapp mostrou contra o Augsburg que se sente em casa em Frankfurt. O goleiro da seleção alemã fez nove defesas ao longo da partida, sendo seis delas dentro da área.

Zagueiros: Pascal Stenzl (Freiburg), Jonathan Tah (Bayer Leverkusen) e Jerome Roussilon (Wolfsburg)

Atuando como um ala pela direita, Stenzl mais do que deu conta do recado. Quando precisou recompor defensivamente, o fez com eficiência. Ainda foi importante para o setor ofensivo com um passe-chave conferido.

Talvez Tah não tenha atingido as expectativas que se esperava dele quando surgiu no Leverkusen. Mas mesmo assim o jovem zagueiro tem o seu valor. Contra o Stuttgart, ele foi o principal pilar defensivo dos Aspirinas e não deu qualquer chance ao ataque adversário.

Depois do bom início, Roussilon passou a oscilar junto com todo o time do Wolfsburg. Mas o lateral esquerdo francês voltou a brilhar na vitória sobre o Leipzig, marcando o gol da vitória dos Lobos.


Meios de campo: Lars Stindl (Borussia Mönchengladbach) e Jonathan de Guzman (Eintracht Frankfurt)

Originalmente Stidl é um atacante.  Mas atuando em todos os setores do meio-de-campo, Stindl é essencial ao esquema do Galdbach. Cosntroí jogo, chega para finalizar e abre espaço para a chegada dos campanheiros. Além de fazer tudo isso diante do Hannover, ainda marcou um belo gol pegando de primeira da entrada da área.

De Guzman é o grande responsável pela estabilidade entre defesa e ataque no Frankfurt. Atuando a frente da zaga, foi essencial na construção do jogo cumprindo o seu papel tático, sabendo tirar as Águias das zonas de pressão impostas pelo Augsburg. Ainda deu um passe-chave.

Pontas: Thorgan Hazard (Borussia Mönchengladbach) e Steven Skrzybski (Schalke 04)

Rodada após rodada Hazard vem mostrando que não deve em nada ao seu irmão mais velho. Incisivo, driblador e finalizador, é decisivo em quase toda partida. Contra o Hannover não foi diferente, já que o belga marcou um gol e deu uma assistência.

Skrzybski pode até ter um nome díficil, mas jogou fácil na boa vitória do Schalke sobre o Nuremberg. Com dois gols marcados, vai brigar forte pela vaga de titular com atacantes mais renomados como Uth e Embolo.

Atacantes: Kevin Volland (Bayer Leverkusen), Dodi Lukebakio (Fortuna Düsseldorf) e Sebastien Haller (Eintracht Frankfurt)

É bem verdade que Volland perdeu um gol feito sem goleiro na partida contra o Stuttgart. Mas o bom atacante se redimiu e marcou duas vezes para dar a vitória a sua equipe, além de ser cosntante dor de cabeça para a defesa dos Crododilos. Olho nele, Löw!

Imagina que um atacante de um time recém-promovido a primeira divisão vai enfrentar o Bayern de Munique na Allianz Arena e deixa nada menos que um hat-trick. Pois bem. Foi isso que fez Lukebakio explorando sua velocidade e capacidade de finalização em cima da zaga do Bayern.

Já não é mais novidade Haller ser decisivo para o Frankfurt e figurar nesta seleção. Contra o Augsburg, mais um gol e uma assistência do atacante francês para colocar as Águias na terceira posição da tabela.

Nenhum comentário