Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Sané diz que aceita decisão de Löw e afirma que voltará ainda mais forte: "Vão lá e consigam esse título"

A ausência de Leroy Sané entre os 23 convocados da Alemanha para Copa do Mundo pegou todo mundo de surpresa, inclusive o próprio jogador. Um dia depois de ser preterido pelo técnico Joachim Löw, o meia-atacante do Manchester City se pronunciou nas redes sociais.

Leia também: Löw explica corte de Sané: "Foi uma decisão muito apertada entre ele e Brandt"

"Obrigado a todos pelas mensagens de motivação ontem e hoje. Obviamente que estou desapontado por não participar da Copa do Mundo, mas eu aceito a decisão e farei o meu melhor para voltar ainda mais forte. Desejo todo sucesso para a seleção na Rússia. Vão lá e consigam esse título", disse o atleta no Instagram.


O técnico Joachim Löw explicou o motivo do corte de Sané.

"Foi uma decisão muito apertada entre ele e Brandt, que foi feita a favor de Brandt. Draxler, Reus e Müller estão mais prontos e não poderiam ficar de fora. Sané tem um enorme talento e estará de volta à seleção a partir de setembro. Ele ainda não mostrou o que sabe pela seleção", comentou o treinador.

Uma publicação compartilhada por Leroy Sané (@leroysane19) em

Um comentário:

  1. Certeza que voltará mais forte. Está seleção alemã é muita forte. O núcleo duro já vem desde 2010. Há que respeitar a decisão de Low.

    ResponderExcluir