Ad Home

Últimas

teste de anúncio

A história por trás do gol aos 50 minutos: Marco Reus insistiu para Toni Kroos bater falta direto para o gol

A euforia tomou conta de jogadores e torcedores da Alemanha após o golaço de Toni Kroos aos 50 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória por 2 a 1 sobre a Suécia na Copa do Mundo e mantendo a Mannchaft viva na busca por vaga nas oitavas de final.

Mas a história poderia ter sido bem diferente.

De acordo com Kroos, ele estava disposto a cruzar a bola para área na cobrança de falta, já que praticamente todos os atletas alemães, menos Neuer, estavam posicionados para tentar o cabeceio. Mas o camisa 8 foi convencido por Marco Reus a finalizar direto para o gol.


Deu certo. Muito certo.

"Reus pediu para eu chutar direto, mas eu disse a ele que não estava convencido de que poderia marcar daquela posição. Então conversamos rapidamente e decidimos fazer a jogada que permitiria abrir o ângulo para o meu chute", comentou Kroos.

Na cobrança da falta, Kroos rolou para Reus, que só pisou na bola, tirando a barreira sueca.

E até Hummels queria o cruzamento. Com uma lesão no pescoço, ele não participou do duelo e estava no banco de reservas com o restante dos suplentes. "Eu gritei muito forte para que ele cruzasse na área para alguém cabecear", admitiu o defensor.

"Claro que depois me encheram o saco no vestiário", disse o sorridente Hummels.

Confira os lances e gols da partida:

2 comentários:

  1. Simplesmente fantástico!! Meu coração está acelerado até agora!!

    ResponderExcluir
  2. Desculpe só participar com comentário agora na segunda à noite, mas é que tive alta do cardiologista somente no final da tarde! Bom, eu e a mannschaft, na verdade nós todos que a curtimos, estamos "vivinhos da silva", ainda bem!!!

    ResponderExcluir