Ad Home

Últimas

teste de anúncio

É campeão! Com show de Rebic, Frankfurt bate o Bayern e conquista a Copa da Alemanha pela 5ª vez

O Eintracht Frankfurt é o grande campeão da Copa da Alemanha da temporada 2017/2018. Neste sábado, as Águias enfrentaram o poderoso Bayern de Munique no Estádio Olímpico de Berlim e venceram por 3 a 1, dois gols do croata Rebic, conquistando o seu 5º título da DFB Pokal na história - os outros quatro foram em 1974, 75, 81 e 88.

De quebra, o título que não acontecia há longos 30 anos dá ao Frankfurt uma vaga na próxima edição da Liga Europa. Ao final do jogo, o técnico Niko Kovac, que vai assumir o lugar de Jupp Heynckes no próprio clube de Munique, não se conteve e caiu em lágrimas.


O Bayern de Munique foi muito mais perigoso no primeiro tempo e criou as melhores oportunidades. Aos oito minutos, Lewandowski bateu falta no travessão do arqueiro Hradecky e quase abriu o placar.

Apesar de dominar a etapa inicial, a equipe bávara desceu para o intervalo perdendo. O gol do Frankfurt saiu aos 11 minutos com o croata Ante Rebic, que roubou a bola de James Rodríguez no meio de campo e recebeu assistência de Prince Boateng para tocar na saída de Ulreich.

Thomas Müller chegou perto do empate ao cabecear rente à trave e, na sequência, Lewa também perdeu grande chance depois de receber de Ribéry e finalizar por cima do goleiro adversário, mas a bola passou na frente do gol e não entrou.

O time de Munique não ia para o intervalo perdendo na DFB Pokal desde 2012.

2º tempo e mais Rebic

Logo no começo do segundo tempo, aos sete minutos, o atual hexacampeão alemão empatou com Lewandowski, que recebeu de Kimmich na área e chutou prensado com Mascarell, enganando o goleiro Hradecky.

Assim como no primeiro tempo, o Bayern seguiu pressionando o Eintracht em busca da virada e criou outras oportunidades com Lewandowski e Tolisso, mas sem sucesso. As Águias apareceram pouco no ataque e assustaram em um chute de longe de Mascarell, bem defendido por Ulreich, e depois em finalização de Rebic, também de fora da área.

Aos 35 minutos, Hummels subiu mais alto que a zaga do Frannkfurt em batida de escanteio e cabeceou no travessão.

No minuto seguinte saiu o segundo gol do Eintracht. Danny da Costa lançou para Rebic entre os zagueiros Süle e Hummels, o atacante ganhou na velocidade, ficou cara a cara com Ulreich e deu um leve toque na saída do goleiro rival para balançar as redes mais uma vez e levar a sua torcida ao delírio.

O árbitro ainda hesitou para confirmar o gol, pediu o VAR para analisar um possível toque de mão de Prince Boateng no começo da jogada, mas depois validou o tento.

Os minutos finais foram de pressão absurda do Bayern em busca do empate que levaria o duelo para prorrogação, mas a defesa do Frankfurt se segurou como pôde para garantir a conquista do título da Copa da Alemanha.

Nos acréscimos, Hradecky ainda fez uma defesaça em chute à queima roupa de Sandro Wagner. Na cobrança do escanteio, com o goleiro Ulreich na área adversária, Gacinovic saiu sozinho no contra-ataque e, sem goleiro, só empurrou para o gol vazio. Terceiro gol e festa absurda da torcida das Águias em Berlim.

Um comentário: