Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 28ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Yann Sommer (Borussia Mönchengladbach)

O jogo entre Gladbach e Mainz não foi dos melhores e o placar de 0x0 mostra isso. Mas ao menos os Potros saíram de campo sem sofrer gols graças à boa atuação de Sommer. Ao longo dos 90 minutos, o goleiro suíço fez cinco defesas e ainda cortou dois cruzamentos.


Zagueiros:  Rani Khedira (Augsburg), Jannik Vestergaard (Borussia Mönchengladbach) e Maximilian Mittelstadt (Hertha Berlim) 

Volante de origiem, o irmão mais novo de Khedira foi recuado para a zaga no duelo contra o Leverkusen. E ele não decepcionou, já que teve exibição sólida não permitindo que os atacantes adversários chegassem perto da sua própria meta.

Fazendo um campeonato de altos e baixos junto com todo o setor defensivo do Gladbach, Vestergaard viveu dessa vez um bom momento contra o Mainz. Raramente cometeu erro e não concedeu qualquer chance ao ataque oponente. Ainda auxiliou bem na saída de bola.

Parece que o Hertha achou um bom lateral esquerdo caso Plattenhard esteja indisponível. Mittelsatdt não foi bem só defensivamente com quatro desarmes e um chute bloqueado, como também contribuiu no ataque com três passes-chave.

Meios de campo: Nabil Bentaleb (Schalke 04) e James Rodríguez (Bayern de Munique)

Bentaleb chegou até mesmo a ser afastado do elenco do Schalke em um determinado momento temporada, mas quando voltou, o fez em grande fase. Contra o Freiburg, fez bem o papel de primeiro volante e ainda foi essencial com uma assistência milimétrica no segundo gol dos Azuis-Reais.

Quem  duvidava das capacidade de James Rodríguez, teve que admitir que errou no prognóstico. O colombiano é um dos melhores jogadores da Bundesliga e não foi diferente contra o Dortmund. Abusou dos bons passes, auxiliou na saída de bola e ainda chegou para finalizar. Não por coincidência, fez um gol e deu duas assistências.

Pontas: Thomas Müller (Bayern de Munique) e Serge Gnabry (Hoffenheim)

Outro que comeu a bola na goleada sobre o Dortmund foi Müller. Originalmente jogando no lado-direito, apareceu no campo inteiro para explorar os generosos espaços deixados pela defesa aurinegra. Dessa maneira, fez um gol, conferiu uma assistência e ainda deu outros três passes-chave.

Não foi só o Bayern que goleou na rodada. O Hoffenheim também aplicou uma goleada de 6x0. E quem abriu o caminho para essa sonora vitória sobre o Colônia foi Gnabry. Com dois belos gols o futuro jogador do Bayern mostra que deve ser considerado por Löw para a Copa do Mundo.

Atacantes:  Timo Werner (RB Leipzig), Robert Lewandowski (Bayern de Munique) e Mark Uth (Hoffenheim)

Acostumado a marcar gols, contra o Hannover foi a vez de Werner exercer o papel de garçom. Foram duas assistências, uma de cada lado do campo, para carimbar de vez não só o passaporte para o mundial, mas também a vaga no time titular.

Para completar o trio bávaro nesta seleção junto com James e Müller, é claro que não podia faltar Lewandowski.  O polonês marcou um hat-trick e caminha tranquilo para a artilharia da Bundesliga. Já são 26 gols.

Quando alguém faz dois gols já é suficiente para figurar na seleção da semana, certo? Duas assistências também, não? E quando faz as duas coisas? Pois bem, contra o Colônia Uth realizou a proeza de marcar duas vezes e ainda dar dois passes para gol. O homem da rodada.

Nenhum comentário