Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 27ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Philipp Tschauner (Hannover)

É possível que Tschauner tenha saído insatisfeito com o desempenho do Hannover contra o Borussia Dortmund. Porém o mesmo não pode se dizer da sua atuação individual. Foram sete defesas ao longo da partida, o que mostra que a derrota de 1x0 ficou barata para o time da Baixa Saxônia.


Zagueiros:  Benjamin Hübner (Hoffenheim), Danny da Costa (Eintracht Frankfurt) e Douglas Santos (Hamburgo)

Pela terceira vez seguida Hübner representa o Hoffenheim nesta seleção. Mesmo participando de um sistema defensivo que sofreu três gols, o zagueiro roubou seis bolas e ainda bloqueou um chute. Não só isso, mostrou faro de artilheiro com um gol de cabeça que abriu o placar da partida.

Atuando como um ala/lateral pela direita, da Costa mostra porque deve ser titular do Frankfurt.  No clássico contra o Mainz, cumpriu a sua função defensiva mas não se furtou de apoiar. Apesar de não ter dado assistência ou feito gols, tomou conta do lado direito com três passes-chave.

Quem diria que o Hamburgo teria um jogador na seleção da rodada, mas dessa vez Douglas Santos fez por onde, mesmo com a derrota dos Dinos para o Hertha Berlim. O lateral esquerdo brasileiro se movimentou muito bem e chegou ao ataque para marcar o gol da sua equipe no jogo e ainda ganhou oito das nove divididas que disputou.

Meios de campo: Naby Keita (RB Leipzig) e Ante Rebic (Eintracht Frankfurt)

Atuando com mais liberdade flutuando entre o meio de campo e o ataque, Keita fez jus a busca por Jurgen Klopp contratá-lo. Com a sua tradicional precisão nos passes verticais e capacidade de chegar a área para finalizar, participou dos dois gols dos Touros com um tento e uma assistência.

Jogando mais como um atacante ao lado de Jovic, Rebic dá a "boa dor de cabeça" ao treinador Niko Kovac e coloca a possibilidade de roubar a vaga de Haller no Eintracht Frankfurt. Contra o Mainz, não faltou disposição ao croata, que acabou premiado com um gol e uma assistência.

Pontas: Andrej Kramaric (Hoffenheim) e André Schürrle (Borussia Dortmund)

As recentes exibições de Kramaric tem sido impressioantes. Em número de gols, ele só fica atrás de Lewandowski em 2018. Contra o Gladbach isso não foi diferente, já que o croata não só marcou um gol (de pênalti), como também de uma assistência.

Talvez a convocação para a seleção alemã seria um exagero, mas é inegável  que Schürrle vem em boa fase. Contra o Hannover, dominou o lado esquerdo do ataque, deu dribles e cruzamentos, totalizando quatro passes-chave. Um deles, o escanteio cobrado com perfeição para Batshuayi fazer o único gol da partida.

Atacantes:  Mario Gomez (Stuttgart), Max Kruse (Werder Bremen) e Ishak Belfodil (Werder Bremen)

Embalado pela convocação para o Nationalelf, Mario Gomez manteve a boa fase e não deve perder a vaga na copa do mundo. Contra o Freiburg, o atacante matador foi as redes duas vezes na vitória dos Crocodilos.

Que dupla foi essa do Werder Bremen na vitória diante do Augsburg! Era comum ver troca de passes entre Belfodil e Kruse, além de revezamento de posição e envolvimento da defesa adversária. Não á toa, ambos foram decisivos na partida. Enquanto Kruse fez um gol e participou de outro dando bom passe ao companheiro, Belfodil marcou duas vezes e ainda deu uma assistência.

Nenhum comentário