Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 20ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Thomas Kraft (Hertha Berlim)

Kraft não é o goleiro titular do Hertha, mas fez com que o seu torcedor não sentisse qualquer falta do lesionado Jarstein. No empate com o Bremen foram 6 boas defesas que garantiram um clean sheet, além de um precioso ponto para o time da capital.

Laterais: Timothy Chandler (Eintracht Frankfurt) e Wendell (Bayer Leverkusen)

Originalmente ala-direito, Chandler se adaptou muito bem atuando do outro lado do campo. Contra o Gladbach, o americano não deu qualquer chance ao adversário e foi frequentemente à linha de fundo, como de costume. Em uma dessas escapadas, deu a assistência que abriu o placar da partida.

Em um jogo que não foi muito exigido defensivamente (apesar de estar sempre bem posicionado), o brasileiro sempre que pode era peça de auxílio no ataque no Leverkusen. Não por coincidência, fez de pênalti o segundo gol da vitória dos Aspirinas sobre o Mainz.

Zagueiros: Waldemar Anton (Hannover) e Naldo (Schalke 04)

O Hannover não venceu o Wolfsburg mas a derrota se deve muito mais a um frango do goleiro do que a inoperância da zaga. O jovem Anton esteve muito bem com três roubadas de bola e dois chutes bloqueados, além de 13 divididas vencidas em 17 disputadas.

Qual a novidade de Naldo na seleção da semana? O brasileiro novamente estava no ataque para marcar mais um gol para o Azuis-Reais além de demonstrar segurança defensiva. Para coroar a noite, se tornou o brasileiro com mais jogos na história da Bundesliga. São 337 jogos por Werder Bremen, Wolfsburg e Schalke 04.

Meios de campo: Leon Bailey (Bayer Leverkusen) e Max Meyer (Schalke 04)

Outro que já virou presença constante neste espaço é Bailey. O jamaicano foi novamente peça decisiva para o Leverkusen garantir os três pontos. Atuando ora pela direita, ora pela esquerda, infernizou a defesa do Mainz com seus dribles e arrancadas. Marcou um golaço em um chute preciso de fora da área.

Desde que chegou ao Schalke, o técnico Domenico Tedesco decidiu colocar Mayer atuando como volante. E o jovem jogador não está decepcionando. Contra o Stuttgart, foi peça fundamental na transição defesa-ataque, fazendo a bola chegar em boas condições para os Azuis-Reais criarem as suas jogadas.

Pontas: Arjen Robben (Bayern de Munique) e Kingsley Coman (Bayern de Munique)

Mais uma vez uma dupla do Bayern de Munique combina para um desempenho impressionante. Se
semana passada o destaque ficou por conta de Müller e James, dessa vez foram Coman e Robben que brilharam. O francês tomou conta do lado esquerdo e fez um belo gol e o holandês deu duas assistências em dois escanteios bem cobrados.


Atacantes: Robert Lewandowski (Bayern de Munique) e Nils Petersen (Freiburg)

Para completar a noite de gala bávara, Lewandowski aprontou como já é de praxe. O polonês marcou o primeiro gol do Bayern contra o Hoffenheim (elevando a conta para 18 na Bundesliga) e ainda deu uma assistência.

10 gols nos últimos 9 jogos não é pra qualquer um. Porém Petersen deve se orgulhar do seu feito. O atacante medalhista de prata nas olimpíadas fez os dois tentos do Freiburg no empate contra o Borussia Dortmund. Um deles, um chute de cobertura do meio de campo.

Nenhum comentário