Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 2ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet



Goleiro: Koen Casteels (Wolfsburg)

O Frankfurt bem que tentou, mas não conseguiu marcar gols diante dos Wolfsburg. E os Lobos podem creditar esse sucesso ao seu arqueiro. Casteels fez 6 defesas ao longo da partida e foi essencial na vitória de sua equipe.

Laterais: Joshua Kimmich (Bayern de Munique) e Marcel Halstenberg (RB Leipzig)

Qualquer que fosse o substituto de Lahm no Bayern iria sofrer forte pressão. Mas até agora dá pra dizer que Kimmich está dando conta do recado. Diante do Bremen, o lateral-direito errou apenas dois passes e foi o jogador que mais correu em campo com 12 quilômetros.

Halstenberg foi o dono da lateral esquerda do Leipzig e contribuiu para um lado esquerdo letal dos Touros. Sempre presente no ataque e na defesa, foi premiado com uma assistência.

Zagueiros: Salif Sane (Hannover) e Holger Badstuber (Stuttgart)

O Hannover conseguiu surpreender e derrotar o Schalke. E fez isso com uma partida soberana de Sane. O camisa 20 foi extremamente seguro e não deu qualquer chance ao ataque adversário com 9 divididas vencidas em 12 e 88% de aproveitamento nos passes.

Talvez a grande história do fim de semana. Badstuber é um jogador de alto nível mas que frequentemente se lesiona e por isso estava sem espaço no Bayern. No seu novo clube, não deixa a desejar. Sem erros defensivos, foi ao ataque e marcou o gol da vitória do Stuttgart sobre o Mainz.

Meios de campo: Nuri Sahin (Borussia Dortmund), Albin Ekdal (Hamburgo) e Karim Bellarabi (Bayer Leverkusen)

Sahin foi o dono do jogo em tarde inspirada do BVB no Signal Iduna Park diante do Hertha Berlim. Importantíssimo na transição entre defesa e ataque, deu uma assistência e ainda marcou um golaço em chute de fora da área.

Ekdal foi duro, perseverante e rápido na vitória dos Dinos sobre o Colônia. Comandando o meio-campo, deu a assistência no gol que decretou os três pontos para o Hamburgo.

Talvez o empate tenha sido pouco para um Leverkusen que criou muito mais que o seu adversário Hoffenheim. E quem deu as caras e assumiu o protagonismo foi Bellarabi. O camisa 38 deu cinco chutes a gol e em um deles conseguiu balançar as redes.


Atacantes: Robert Lewandowski (Bayern de Munique), Timo Werner (RB Leipzig) e Jean-Kevin Augustin (RB Leipzig)

Temporada após temporada, uma coisa é certa na Bundesliga: Lewandowski briga pela artilharia. Contra o Bremen, o polonês já chegou a três gols com os dois que marcou, dando assim a vitória aos Bávaros.

Se na rodada passada o bom entrosamento ficou para Aubameyang e Pulisic, desta vez a dupla dinâmica foi Werner e Augustin. O primeiro mostrou porque foi novamente convocado por Joachim Löw com dois gols e o segundo mostrou que pode ser uma excelente contratação e um bom parceiro de ataque para Werner com duas assistências.

Nenhum comentário