Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Choro, homenagem e vitória: acabou a era Schweinsteiger na seleção alemã

Acabou a era Bastian Schweinsteiger na seleção alemã. Nesta quarta-feira, o experiente meio-campista fez seu último jogo com a camisa da Mannschaft - o 121º da sua carreira na equipe nacional - e contribuiu para boa vitória por 2 a 0 no amistoso diante da Finlândia.

O próximo jogo da Alemanha é para valer. No próximo domingo, dia 4 de setembro, a partir das 15h45 (de Brasília), a equipe encara a Noruega, em Oslo, na estreia das eliminatórias europeias para Copa do Mundo de 2018.

Clique e veja a agenda completa de jogos da Mannschaft

Antes de a bola rolar, Bastian Schweinsteiger foi ovacionado pelos torcedores no Borussia Park e homenageado pela DFB (Federação Alemã), não aguentando a emoção e se derrubando em lágrimas. Ao microfone, ele agradeceu a todos os torcedores pelos anos vividos com a Mannschaft.


Com uma equipe jovem, rápida e bastante ofensiva, a Alemanha tomou conta do primeiro tempo e deu poucas chances para os finlandeses. Mas também não criou demais. A melhor chance saiu nos pés de Mario Götze, que recebeu livre na frente do goleiro Hradecky, driblou o arqueiro rival, mas chutou em cima da zaga.

No segundo tempo, os alemães voltaram decididos a deixar a festa para o capitão completa e abriram o placar aos 10 minutos. Götze foi lançado na direita, invadiu a área e cruzou para Volland, que fez o excelente corta-luz para Max Meyer aparecer bem como centroavante e balançar as redes.

Schweinsteiger deixou o campo aos 23 minutos do segundo tempo, aplaudido de pé pelas 30 mil pessoas que foram ao estádio. O jovem Weigl entrou no seu lugar.

Para sacramentar a vitória em casa, Özil fez o segundo gol da Alemanha aos 32 minutos - ele também entrou no decorrer do duelo. O meio-campista tentou cruzar na área, mas a bola desviou na marcação e enganou o goleiro adversário.

Götze ainda teve uma outra chance para ampliar, mas de novo a finalização ficou na zaga, com Hradecky vendido no lance.

FICHA TÉCNICA
Alemanha 2 x 0 Finlândia


Data: 31 de agosto de 2016, quarta-feira
Hora: 15h45 (de Brasília)
Local: Borussia Park, em Mönchengladbach (Alemanha)
Árbitro: Aleksei Kulbakov (Belarus)
Assistentes: Dmitri Zhuk e Oleg Maslyanko (ambos de Belarus)
Cartões amarelos: -

GOLS:
Alemanha: Meyer, aos 10 do 2º tempo; Özil, aos 32 do 2º tempo

Alemanha: ter Stegen (Leno), Kimmich, Süle (Tah), Mustafi e Hector (Özil); Schweinsteiger (Weigl), Max Meyer, Götze, Bellarabi e Brandt (Müller); Volland. Técnico: Joachim Löw

Finlândia: Hradecky, Lam, Arajuuri (Ojala) e Moisander; Raitala, Uronen (Saksela), Ring, Halsti (Matilla) e Lod (Schüller); Hämäläinen (Pukki) e Pohjanpalo (Markkanen). Técnico: Hans Backe

Veja mais fotos:











Um comentário:

  1. Grande jogador, atleta campeão do mundo, foi fundamental na conquista de 2014! É de se lamentar que não jogue mais pela seleção, mas deve-se respeitar sua decisão. Justa homenagem da DFB nesta despedida. Danke Bastian, o futebol clássico agradece!

    ResponderExcluir