Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Thomas Müller sorri ao lembrar do eterno 7 a 1 e descarta goleada sobre a França



Assim como em 2014, a Alemanha faz a semifinal de uma competição diante da seleção da casa. Naquela ocasião, pela Copa do Mundo, a Mannschaft aplicou o eterno e inesquecível 7 a 1 sobre o Brasil, no Mineirão, e agora encara a França pela Euro 2016, na cidade de Marseille. Ao ser questionado sobre a coincidência, Thomas Müller descartou uma nova vitória elástica contra o time anfitrião.

"A França, como anfitriã, certamente jogará com um pouco mais de pressão. Eles sabem que jogarão contra a Alemanha, que é um ótimo time. No começo da competição, França e Alemanha sempre foram apontadas como as favoritas, e agora nos encontramos nas semifinais. Não poderia haver melhor atração para esse jogo", disse o camisa 13.

"Queremos jogar bem. Mas de maneira alguma achamos que podemos vencer por 7 a 1, assim como aconteceu no Brasil", sorriu Müller no final da entrevista coletiva. Diante dos brasileiros na Copa do Mundo, o meia-atacante marcou o primeiro gol do massacre, aproveitando cobrança de escanteio de Toni Kroos.

Alemanha e França jogam nesta quinta-feira, dia 7 de julho, a partir das 16h (de Brasília).

Nenhum comentário