Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Griezmann afunda o sonho do tetra alemão e coloca a França na final da Euro 2016



Tetra, por enquanto, só em Copa do Mundo. Nesta quinta-feira, em Marseille, a Alemanha perdeu da França por 2 a 0 na semifinal da Eurocopa 2016 e deu adeus ao sonho do quarto título da competição, mesmo fazendo uma boa partida durante grande parte dos 90 minutos. Os dois gols do duelo foram anotados pelo atacante Griezmann, um em cada tempo de partida.

Os franceses pegam Portugal na grande final do torneio, em Paris, no domingo. Já os alemães voltam a campo apenas no dia 4 de setembro, quando iniciam sua caminhada nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. O rival da estreia será a Noruega, em Oslo.

Clique e veja a agenda completa de jogos da Mannschaft

Sem Hummels, suspenso, Joachim Löw escalou o miolo de zaga com Höwedes ao lado de Boateng, enquanto Thomas Müller foi deslocado para a função de centroavante no lugar do lesionado Mario Gomez. A grande surpresa ficou por conta da presença de Emre Can no meio de campo, substituindo Khedira, que está com problema muscular na virilha.

Alemães melhores, mas...

A Alemanha tomou conta de praticamente todo primeiro tempo, mas quem teve a primeira boa chance foi a França, com Griezmann, que parou em excelente defesa de Manuel Neuer. Os germânicos foram chegando aos poucos com perigo à meta francesa e criaram duas oportunidades claras em sequência: na primeira, Müller finalizou para fora; depois, Can chutou da entrada da área e Lloris pegou no cantinho.

O goleiro da França voltou a fazer uma grande defesa em finalização de Schweinsteiger. Mesmo com mais posse de bola e volume de jogo, a Alemanha desceu para o vestiário em desvantagem. Höwedes chegou a travar chute de Giroud, que saiu livre em contra-ataque, mas aos 47 minutos saiu o gol dos anfitriões - Schweinsteiger colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti, bem convertido por Griezmann.

Fim do sonho

O segundo tempo começou como o primeiro, com a França em cima e incomodando a defesa da Alemanha, que logo igualou as ações, também saindo para o jogo e ocupando bastante seu campo ofensivo. Antes dos 15 minutos, Boateng sentiu uma lesão muscular e deu lugar a Mustafi, deixando a Mannschaft com sua zaga reserva, já que Hummels não jogou por conta de suspensão por amarelos.

Aos 27 minutos, em bobeada de Kimmich na área, Pogba roubou a bola e cruzou para Giroud. Neuer se antecipou ao atacante, mas o rebote caiu nos pés de Griezmann, que pegou de primeira e balançou as redes mais uma vez. No minuto seguinte ao segundo gol da França, Kimmich quase se redimiu e acertou a trave em finalização de fora; Draxler também chegou perto de marcar em batida de falta.

Joachim Löw colocou Götze e Sané nas vagas de Can e Schweinsteiger e a Alemanha foi para o desespero na reta final de partida. Apostando nas bolas altas na área da França, a Nationalelf teve boas oportunidades com Sané, Höwedes e Kimmich - este último parou em defesaça de Lloris -, enquanto os donos da casa apostaram nos contra-golpes para assustar. Mas ficou nisso. A festa azul estava armada no Vélodrome.

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 0 x 2 FRANÇA

Data: 07 de julho de 2016, quinta-feira
Hora: 16h00 (de Brasília)
Local: Stade Vélodrome, em Marseille (França)
Árbitro: Nicola Rizzoli (Itália)
Assistentes: Elenito Di Liberatore e Mauro Tonolini (ambos da Itália)
Assistentes adicionais: Daniele Orsato e Antonio Damato (ambos da Itália)
Cartões amarelos: Can, Schweinsteiger, Özil, Draxler (ALE); Evra, Kanté (FRA)

GOLS:
França: Griezmann, aos 47' do 1º tempo e aos 27' do 2º tempo

ALEMANHA: Neuer, Kimmich, Boateng (Mustafi) , Höwedes e Jonas Hector; Schweinsteiger (Sané), Kroos, Can (Götze), Özil e Draxler; Thomas Müller. Técnico: Joachim Löw

FRANÇA: Lloris, Sagna, Umtiti, Koscielny e Evra; Matuidi, Sissoko e Pogba; Griezmann (Cabaye), Payet (Kanté) e Giroud (Gignac). Técnico: Didier Deschamps

Confira mais fotos do duelo:













6 comentários:

  1. Árbitro da italia depois da mesma cair para MANNSCHAFT.... e a frança passa com um francês com nome mais alemão que muito dos jogadores da Nationalelf

    ResponderExcluir
  2. Dominar o jogo e ter posse de bola NÃO ganha a partida. A Alemanha precisa de um jogador de referência na área, que faça gols. Muller NÃO está jogando nada e mesmo assim Low NÃO o substituiu deixando Schurlle de fora.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. SE FUDERAM ETERNOS ESCRAVOS DE HITLER!!!!!!!!!!!!! FRIOS,COVARDES E MARRENTOS KKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  5. SE FUDERAM ETERNOS ESCRAVOS DE HITLER!!!!!!!!!!!!! FRIOS,COVARDES E MARRENTOS KKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir