Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Dortmund busca empate com Liverpool em casa e decisão fica para duelo na Inglaterra



Não foi o resultado que o Borussia Dortmund sonhava no Signal Iduna Park, mas o empate por 1 a 1 diante do Liverpool ainda mantém o time alemão com boas chances de avançar à semifinal da Liga Europa. O duelo de volta será na quinta-feira da semana que vem, dia 14 de abril, na Inglaterra, e os aurinegros precisam marcar, pelo menos, um gol para avançar, já que o 0 a 0 classifica a equipe de Jürgen Klopp.

Por falar no treinador alemão, a torcida do Dortmund fez uma bonita recepção ao seu ex-comandante, que se mostrou bastante emocionado.

O primeiro tempo da partida foi bastante equilibrado, com leve superioridade para os donos da casa, que tiveram mais posse de bola e ocuparam bastante o seu setor ofensivo. O Liverpool, porém, também jogou no ataque e quase abriu o placar em cabeçada à queima roupa de Lovren, bem defendida por Weidenfeller no centro do gol.

Quando vivia um bom momento no jogo, o BVB foi castigado com o gol do adversário. Aos 36 minutos, Milner deu assistência de cabeça para Origi, que aproveitou a falha de marcação da zaga aurinegra, invadiu a área e chutou no canto.

Os minutos finais da etapa inicial foram de pressão total do Dortmund. Aubameyang teve grande oportunidade dentro da área, mas o chute foi travado pela marcação na hora H; na sequência, Marco Reus pegou sobra de bate-rebate na pequena área e finalizou para boa defesa do goleiro Mignolet. No último lance, Origi saiu cara a cara com Weidenfeller, que fez a intervenção.

No começo do segundo tempo, logo aos três minutos, Mkhitaryan bateu escanteio e Hummels testou firme, livre de marcação, para empatar a partida. No lance seguinte à igualdade do Dortmund, o Liverpool quase marcou o segundo gol, mas Weidenfeller fez três defesas espetaculares em menos de 15 segundos e evitou o tento dos ingleses.

Passado o susto, os anfitriões tomaram conta do duelo e partiram com tudo para cima tentando a virada, mas os visitantes armaram um ferrolho intransponível na defesa e o BVB teve muitas dificuldades para penetrar na área rival. Em boa chance batendo falta, Marco Reus superou a barreira, mas o arqueiro do Liverpool fez a defesa. E ficou nisso.

Nenhum comentário