Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Virou passeio! Alemanha goleia a Itália em Munique e encerra tabu de 21 anos



A Alemanha não vencia a Itália desde o longínquo dia 21 de junho de 1995 - ou seja, há quase 21 anos. Mas nesta terça-feira, na Allianz Arena, em Munique, a equipe comandada pelo técnico Joachim Löw tratou de derrubar esse longo tabu e fez convincentes 4 a 1 sobre a Azzurra, apagando a má impressão deixada na derrota do fim de semana passado contra a Inglaterra.

Clique e veja a agenda completa de jogos da Mannschaft

O próximo jogo da Alemanha será já na Euro 2016, diante da Ucrânia, na estreia da competição. O duelo está marcado para 12 de junho, na cidade francesa de Lille. Os outros adversários da fase de grupos são Polônia e Irlanda do Norte.

Sem Manuel Neuer, o goleiro ter Stegen foi o escolhido para ser titular na meta da Mannschaft. Löw fez outras mudanças na equipe que perdeu dos ingleses, colocando Götze no ataque ao lado de Müller, Draxler, Özil e Kroos no meio de campo, além de Mustafi, Rüdiger e Hummels na zaga, deixando Rudy aberto pela ala direita e Hector pela esquerda. Ou seja, um esquema diferente, montado na formação 3-5-2.

E deu certo. Os italianos pouco assustaram a defesa da seleção alemã, que fez um bom jogo de toque de bola e paciência no seu setor ofensivo até chegar ao primeiro gol, anotado aos 24 minutos. O capitão Thomas Müller recebeu na direita, cruzou na área, Bonucci desviou para fora e Toni Kroos chegou batendo de primeira, no canto de Buffon.

Depois de sair na frente, Müller e Draxler ainda exigiram boas defesas do arqueiro da Itália, que não conseguiu fazer nada na cabeçada de Mario Götze, aos 45 minutos. Müller dominou a bola na meia-direita e cruzou na medida para o seu companheiro de Bayern subir entre os zagueiros e ampliar o placar.

Em desvantagem no marcador, a Itália partiu para o ataque no começo do segundo tempo e quase diminuiu com Montolivo. Jogando do jeito que gosta, no contra-ataque, a Alemanha marcou o terceiro após jogada de velocidade. Götze deu passe inteligente para Draxler, que arrancou para área e só rolou para Jonas Hector finalizar com o goleiro já batido. Um belo gol alemão.

Não parou por aí. Com o controle total da partida, a Alemanha transformou a vitória em goleada aos 30 minutos, quando o Buffon derrubou Rudy na área e Özil converteu a penalidade com categoria. Para diminuir o prejuízo, El Shaarawy marcou um belo gol aos 38 minutos e fez o de honra dos visitantes. No fim, Okaka ficou na frente de ter Stegen, mas finalizou em cima do arqueiro alemão. E ficou nisso.

Ficha do jogo
Alemanha 4 x 1 Itália


Data: 29 de março de 2016, terça-feira
Hora: 15h45 (de Brasília)
Local: Allianz Arena, em Munique (ALE)
Público: 64 mil pessoas
Árbitro: Oliver Drachta (Áustria)
Assistentes: Roland Brandner e Stefan Kühr (ambos da Áustria)
Cartões amarelos: Giaccherini (ITA); Hummels, Mustafi (ALE)

GOLS
ALEMANHA: Kroos, aos 24' do 1º tempo; Götze, aos 45' do 1º tempo; Hector, aos 14' do 2º tempo; Özil, aos 30' do 2º tempo
ITÁLIA: El Shaarawy, aos 38' do 2º tempo

Alemanha: ter Stegen, Rüdiger, Mustafi e Hummels; Rudy, Kroos (Kramer), Özil, Draxler (Volland) e Hector (Ginter); Thomas Müller (Emre Can) e Mario Götze (Marco Reus). Técnico: Joachim Löw

Itália: Buffon, Darmian, Bonucci (Ranocchia) e Acerbi; Florenzi (De Silvestri), Montolivo, Thiago Motta (Parolo) e Giaccherini (El Shaarawy); Insigne (Okaka), Zaza (Antonelli) e Bernardeschi. Técnico: Antonio Conte

5 comentários:

  1. Finalmente uma vitória sobre a Itália e ainda com saldo, aliás o dia hoje foi de gala para o futebol alemão em termos de seleção, pois o sub 17 venceu a Holanda 1x0 (e se classificou para a fase final do europeu), o sub-21 bateu a Rússia por 2x0 e está praticamente classificado também nesta categoria e "de quebra" a equipe principal goleou a Itália! Tá bom assim? Só faltou a seleção feminina, mas acho que não jogaram hoje (provavelmente seria outra "Siege"!!!) Alles gut! Acho até que vou pedir uma pizza pro jantar e pedir pra fatiar em 4 pedaços...

    ResponderExcluir
  2. O que uma vitória (sobre um adversário de peso) não faz heim? Nada como um dia atrás do outro! Ah, em tempo, a Inglaterra perdeu em casa hoje, hahahahaha!

    ResponderExcluir
  3. Toni kroos foi essencial nas duas partidas, marcou dois gols em duas seleções de peso e comandou um meio de campo sem o basti, distribuiu o jogo,controlo bem o ataque e a defesa, fora os passes que deu que foram incríveis. No entanto eu o coloco como um dos jogadores que sumiu no primeiro jogo contra a Inglaterra, deixando o meio de campo exposto para jogadas de profundidade, justamente com o khedira que "evaporou". Volte basti e faça a melhor dupla com Kroos e faturemos a euro 2016.

    ResponderExcluir
  4. Bem que eu falei, quando a Alemanha ganha ocorrem poucos comentários!! Infelizmente não poderei opinar pois não vi o jogo, estava eu trabalhando, mas o resultado por si só é animador! Principalmente pelo adversário!

    ResponderExcluir