Thomas Tuchel não é mais o técnico do Borussia Dortmund: "É uma pena não continuar"

Três dias depois de ser campeão da Copa da Alemanha diante do Frankfurt, o Borussia Dortmund informou a saída do técnico Thomas Tuchel. A decisão foi tomada em uma reunião do comandante com o presidente Hans-Joachim Watzke e com o diretor de esportes Michael Zorc, ainda nesta terça-feira.

"Agradecemos a Thomas Tuchel e sua comissão técnica pelo trabalho esportivo bem sucedido no BVB, que teve seu ponto alta com o título da DFB Pokal, no sábado. Por seu futuro profissional, desejamos a ele o melhor e muito sucesso", disse o clube em nota oficial.


Pelo Twitter, o técnico também se pronunciou: "Estou grato por esses dois anos lindos, emocionantes e memoráveis. É uma pena não continuar. Obrigado aos torcedores fãs, jogadores, funcionários e a todos que me apoiaram. Desejo tudo de bom para o Borussia Dortmund".

Sem Tuchel, o clube aurinegro busca um comandante para a temporada que vem. O preferido da diretoria é Julian Nagelsmann, mas o treinador não deve sair agora do Hoffenheim. O suíço Lucien Favre, que está no Nice, é outro nome bastante comentado no Signal Iduna Park.

    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário