Seleção da 32ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet



Goleiro: Tom Starke (Bayern de Munique)

O Bayern de Munique mostrou que na ausência de Neuer ou mesmo de Ulreich, o seu terceiro pode dar conta do recado. Starke foi um monstro do início ao fim da partida, fazendo defesas difíceis e defendendo até um pênalti.

Zagueiros: Leon Balogun (Mainz), Kyriakos Papadopoulos (Hamburgo) e Juan Bernat (Bayern de Munique) 

O Mainz não sofreu qualquer gol do Hamburgo e contou com a boa participação do zagueiro Balogun para isso. O nigeriano bloqueou dois chutes, fez três desarmes e venceu 10 das 14 divididas que disputou.

O Hamburgo também não foi vazado diante do Mainz. E pelo lado dos Dinos, o pilar defensivo foi mais uma vez Papadopoulos. O grego roubou duas bolas e foi vencedor em 16 das 21 divididas que disputou.

O lateral esquerdo do Bayern de Munique foi muito bem diante do lanterna e agora rebaixado Darmstadt. Bernat não se furtou de ir ao ataque e em boa troca de passes com Ribery, marcou um bonito gol após driblar o defensor adversário.

Meio de campo: Emil Forsberg (RB Leipzig) e Florian Niederlechner (Freiburg)

O rei das assistências na Bundesliga voltou a fazer estragos. Contra o Hertha Berlim, Forsberg outra vez estava lá para controlar as principais ações dos touros e aumentar o seu número de assistências do campeonato para 16.

O Freiburg vem fazendo campanha incrível na Bundesliga. Contra o Schalke, mais uma vez Niederlechner foi decisivo para a sua equipe. Foram dois gols ainda no primeiro tempo para assegurar a vitória.

Pontas: Fin Bartels (Werder Bremen) e Leonardo Bittencourt (Colônia)

O Bremen perdeu para o Colônia, mas não foi pela inoperância de seu ataque. Jogando mais avançado, Bartels foi perigo constante para a defesa adversária e marcou um gol, além de conferir uma assistência.

 A derrota do Bremen veio justamente porque do outro lado estava o Colônia. Pode-se dizer que o alemão com ascendência brasileira só não fez chover. Pelo lado do esquerdo do campo, Bittencourt foi um inferno para a zaga dos Papagaios. Prova disso é que fez um gol e ainda deu duas assistências.

Atacantes: Anthony Modeste (Colônia), Mario Gomez (Wolfsburg) e Timo Werner (RB Leipzig)

Pra quem achava que a briga pela artilharia ia ficar só entre Aubameyang e Lewandowski, se enganou. Isso porque Modeste apareceu para entrar nessa disputa. No fim de semana, outra vez o francês foi à rede duas vezes. Como se não bastasse, ainda deu uma assistência.

Mario Gomez deu mostras de porque ainda pode ser um centroavante confiável para a seleção alemã. Participou dos dois gols da sua equipe na vitória sobre o Eintracht Frankfurt: um tento e uma assistência.

Se "Supermario" não der conta do recado, a Alemanha ainda pode contar com os gols de Werner. O jovem atacante do Leipzig foi decisivo novamente na goleada diante do Hertha Berlim. Foram dois gols, sendo um deles de cabeça, mostrando mais uma qualidade do garoto.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário