Seleção da 18ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC



Goleiro: Heinz Lindner (Frankfurt)

É verdade que o setor defensivo do Frankfurt fez um ótimo trabalho contra o Schalke, mas é verdade também que o jovem goleiro do Frankfurt foi seguro durante toda a partida e foi bem quando necessário durante o duelo sem ter levado nenhum gol e ajudado sua equipe na ausência do titular Hradecky.

Zagueiros: Makoto Hasebe (Frankfurt) e Caglar Söyüncü (Freiburg)

O japonês na verdade é volante, mas na partida contra o Frankfurt, Hasebe foi muito bem bloqueando um chute, realizando quatro interceptações, três desarmes e, ainda por cima, ter dado a assistência que ocasionou no gol da vitória.

Já o jovem zagueiro turco, foi o pilar no setor defensivo na vitória contra o Hertha Berlim. Ganhou nove duelos de quatorze, realizou três desarmes e bloqueou dois chutes.

Laterais: Markus Suttner (Ingolstadt) e Raphael Framberger (Augsburg)

Na tranquila vitória do Ingolstadt sobre o Hamburgo, Markus Suttner foi muito importante não só defensiva como ofensivamente. Marcou um dos gols, realizou dois passes decisivos e na defesa fez um total de três interceptações.

Framberger estreou muito bem pelo Augsburg. O alemão de 21 anos teve sua primeira chance e além de ter feito um trabalho defensivo muito sólido (cinco interceptações e dois desarmes), foi também responsável pela assistência do gol da virada e da vitória do Augsburg.

Meio-campistas: Naby Keita (RB Leipzig), Dominik Kohr (Augsburg) e Pascal Groß (Ingolstadt)

O volante do RB Leipzig tem sido o maestro do meio de campo dos touros na ausência do excelente Emil Forsberg. Na vitória contra o Hoffenheim, Keita foi responsável pelas duas assistências dos dois gols. Não fosse o bastante, o guineense teve uma taxa de 82% de acerto de passes, dentre esses, cinco decisivos e no meio de campo também sempre ajudou na recuperação da bola, fez três interceptações e três desarmes.

Kohr entrou no lugar de Moravek, que saiu lesionado de campo e apesar de ter jogado apenas 50 minutos, fez valer a pena. Marcou o gol da vitória do Augsburg e contribuiu muito no setor defensivo.

E por fim, Pascal Groß, que além de ter feito um dos gols mais bonitos da rodada, foi quem sofreu a falta que acabou virando um pênalti e que em seguida, foi convertido e garantiu o terceiro gol na vitória do “Schanzer”.

Atacantes: Yuya Osako (Colônia), Alexander Meier (Frankfurt) e Lars Stindl (Gladbach)

Comecemos pelo japonês que estava "virado no Jiraya". Osako foi sem dúvidas o melhor em campo no passeio do Köln sobre o Darmstadt que terminou em 6-1. O japonês se envolveu em quatro dos seis gols de sua equipe: Fez dois, deu uma assistência e quase marcou outro numa jogada que acabou como gol contra do zagueiro Aytac Sulu.

Meier é aquele jogador que sempre que tem uma chance aproveita ela da melhor forma possível, e no jogo contra o Schalke não foi diferente. O alemão marcou o gol da vitória contra os “mineiros” e foi muito bem ofensivamente.

E por fim, o capitão do Mönchengladbach que foi o responsável pelos dois gols que além de colocarem seu time de volta no jogo após começar perdendo por dois a zero criou esperanças e energia para conseguir a virada.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário