Seleção da 7ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC



Goleiro: Rene Adler (Hamburgo)

O Hamburgo mais uma vez saiu sem sofrer gols em uma partida. Isso se deve principalmente a atuação do seu arqueiro. Adler pegou um pênalti e ainda contribuiu com outras três defesas difíceis ao longo da partida.

Laterais: Timothy Chandler (Eintracht Frankfurt) e Gaetan Bussmann (Mainz 05)

O adversário era complicado, mais isso não intimidou o bom lateral do Frankfurt. Os 7 cruzamentos tentados e 3 conseguidos mostram que Chandler deu dor de cabeça para a zaga bávara. No final, foi coroado com uma assistência e o gol de empate do seu time.

Já Bussmann não deixou a desejar.  Esteve bem na defesa e ofensivamente foi muito importante ao conferir uma assistência no primeiro gol de seu time contra o Darmstadt.

Zagueiros: Mats Hummels (Bayern de Munique) e Marvin Compper (RB Leipzig)

O Gigante da Baviera fez uma partida ruim contra o Eintracht Frankfurt. Porém, o mesmo não se aplica ao zagueiro da seleção alemã. Não comprometeu defensivamente e ainda deu uma assistência.

A boa campanha do Leipzig passa por sua forte defesa e Marvin Compper é o principal pilar dela. Contra o Wolfsburg, o zagueiro raramente cometeu erro e anulou Mario Gomez, que mal conseguiu jogar.

Meio de campo: Zlatko Januzovic (Werder Bremen) e Sebastian Rudy (Hoffenheim)

O austríaco do Bremen foi essencial na vitória sobre o Leverkusen. Atuou os 90 minutos, deu 3 passes importantes e ainda fez o gol que abriu o caminho para a vitória. O melhor em campo.
Rudy foi o principal comandante do meio de campo do Hoffenheim na vitória sobre o Freiburg. Contribuiu com dois chutes a gol e outros dois passes importantes. Além disso, sofreu o pênalti que deu a vitória à sua equipe.

Pontas: Yunus Malli (Mainz) e Emil Forsberg (RB Leipzig)

Em uma rodada de muitos pênaltis perdidos, Malli deixou o dele. E não só isso, foi ele quem sofreu a falta dentro da área. Ainda deu outros dois chutes a gol e tentou 8 cruzamentos, com sucesso em 5 deles.

O futebol é feito de superação. E foi exatamente isso que Forsberg conseguiu contra o Wolfsburg. Começou errando um pênalti mas depois se redimiu ao marcar um belo gol de fora da área.

Ataque: Anthony Modeste (Colônia) e Sandro Wagner (Hoffenheim)

O francês está voando e é o artilheiro da Bundesliga até aqui com 7 gols. Contra o Ingolstadt foram dois gols do atacante matador. Poderiam ser mais se não tivesse desperdiçado outras boas chances.

Quem também é matador é Sandro Wagner. Mais uma vez, o outrora contestado atacante infernizou a defesa do Freiburg do início ao fim da partida e aceitou o presente dado pela zaga adversária, marcando o seu gol após um bom drible no goleiro.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário