Ad Home

Últimas

Com gol de Schweinsteiger, Alemanha vence a Ucrânia em estreia complicada na Euro



Não foi a apresentação de gala que o torcedor alemão gostaria de ver, mas estrear com vitória na Eurocopa sempre e importante. Jogando na cidade francesa de Lille, a Alemanha fez 2 a 0 sobre a Ucrânia e deu seu primeiro passo na busca pelo tetracampeonato, mesmo sofrendo muita pressão do adversário, principalmente no primeiro tempo da partida, com Neuer aparecendo de forma excepcional.

O triunfo deixa a Mannschaft na liderança do grupo C com três pontos, ao lado da Polônia, que venceu a Irlanda do Norte mais cedo por 1 a 0. O próximo compromisso será na quinta-feira que vem, dia 16 de junho, diante dos próprios poloneses. O duelo está marcado para 16h (de Brasília).

Clique e veja a agenda completa de jogos da Mannschaft

Joachim Löw não surpreendeu na escalação e levou a campo o que praticamente treinou na semana, com Mario Götze fazendo a função de centroavante e Draxler ocupando o meio-campo de criação ao lado de Özil e Müller. Sem Hummels, Mustafi fez o miolo de zaga ao lado de Boateng, com Höwedes e Jonas Hector nas laterais. Kroos jogou mais recuado, de primeiro volante, e Khedira se soltou mais para o campo de ataque.

Apesar de ter descido para o intervalo vencendo, a Alemanha passou um sufoco danado no primeiro tempo, com muita pressão ucraniana. Manuel Neuer foi obrigado a fazer duas excelentes defesas em finalização de primeira de Kovalenko e depois em cabeçada à queima roupa de Khacheridi, além de ver Boateng quase marcar gol contra, com o próprio zagueiro salvando milagrosamente em cima da linha.

O gol germânico saiu aos 19 minutos, quando Kroos bateu falta na cabeça de Mustafi, que subiu livre e escorou para as redes. Antes do tento, Draxler e Hector haviam desperdiçado boas chances, mas erraram nas finalizações. E a Alemanha teve a oportunidade de ampliar o placar depois que Kroos acertou um belo lançamento para Khedira, que saiu cara a cara com o gol, chutando em cima do goleiro Pyatov.

A Alemanha voltou mais ligada para a etapa final, bem mais consistente na defesa e marcando no campo de ataque, chutando três vezes antes de 10 minutos, duas com Kroos e uma com Draxler - em duas o goleiro pegou e outra passou raspando a trave. Neuer trabalhou de novo aos 11 em cobrança de falta venenosa de Rakytskiy. A resposta alemã saiu na sequência em bomba de fora da área de Khedira, que Pyatov voou para espalmar.

Os ucranianos seguiram assustando na velocidade dos seus homens de frente e também nas jogadas de bola aérea, dando espaço para os alemães saírem nos contra-ataques, quase sempre puxados por Draxler e Götze. Em duas chances claras de contra-golpe, Götze e Müller obrigaram o arqueiro rival a fazer duas boas intervenções.

Schürrle entrou na vaga de Draxler e deu mais movimentação ao ataque alemão, com duas boas chances para ampliar. Nos minutos finais, Özil perdeu grande oportunidade saindo cara a cara com o goleiro ucraniano, e Mustafi quase marcou contra ao recuar errado para Neuer. Bastian Schweinsteiger entrou aos 45 minutos e marcou o segundo gol aos 47, após cruzamento perfeito de Özil em contra-ataque.

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 2 x 0 UCRÂNIA

Data: 12 de junho de 2016, domingo
Hora: 16h00 (de Brasília)
Local:  Grand Stade Lille Métropole, em Lille (FRA)
Árbitro: Martin Atkinson (Inglaterra)
Assistentes: Michael Mullarkey e Stephen Child (ambos Inglaterra)
Assistentes de linha: Michael Oliver e Craig Pawson (ambos Inglaterra)
Cartões amarelos: Konoplyanka (UCR)

GOL:
Alemanha: Mustafi, aos 19' do 1º tempo; Schweinsteiger, aos 47' do 2º tempo

Alemanha: Neuer; Höwedes, Boateng, Mustafi e Jonas Hector; Khedira e Kroos; Thomas Müller, Özil e Draxler (Schürrle); Mario Götze (Schweinsteiger). Técnico: Joachim Löw

Ucrânia: Pyatov, Fedetskyy, Khacheridi, Rakytskiy e Shevchuk; Stepanenko, Kovalenko (Zinchenko), Yarmolenko, Sydorchuk e Konoplyanka; Zozulya (Seleznyov). Técnico: Mykhaylo Fomenko

Veja mais fotos do duelo:










3 comentários: