Ad Home

Últimas

Alemanha "apaga" no segundo tempo e leva virada da Inglaterra em Berlim



Em seu primeiro jogo do ano, a Alemanha recebeu a Inglaterra no estádio Olímpico de Berlim e sofreu uma amarga derrota de virada por 3 a 2 após abrir dois gols de vantagem no placar com gols de Kroos e Mario Gomez - o amistoso serviu de preparação para Euro 2016, que começa no mês de junho. Na terça-feira que vem, dia 29 de março, a Mannschaft encara a Itália na Allianz Arena, em Munique.

A equipe alemã esbarrou na forte marcação da Inglaterra no primeiro tempo, teve muitas dificuldades para fazer a transição do meio de campo para o ataque e pouco criou. Emre Can e Jonas Hector foram bastante acionados pelas laterais, mas não conseguiram ajudar na armação ofensiva e ainda tiveram que marcar o rápido ataque do adversário.

Aos 27 minutos, em boa trama germânica pelo meio, na entrada da área inglesa, Khedira deixou Mario Gomez livre e o centroavante balançou as redes, mas o bandeirinha assinalou impedimento inexistente e o árbitro anulou o gol.

A rigor, os goleiros Neuer e Butland não fizeram uma defesa sequer na etapa inicial, já que os zagueiros se sobressaíram contra os atacantes. O gol alemão saiu aos 43 minutos em um dos raros contra-ataques puxados pelo time - Özil tabelou com Khedira e rolou na direita para Toni Kroos, que conduziu a bola em velocidade e soltou a bomba de esquerda de fora da área, no cantinho.

O segundo tempo foi bem mais movimentado, com Forster (que substituiu o lesionado Butland) e Neuer trabalhando em defesas difíceis nos primeiros minutos. Aos 12, Khedira recebeu na meia direita e cruzou na medida para Mario Gomez cabecear firme no canto e anotar o segundo gol dos anfitriões. Na sequência, Özil quase ampliou, parando em intervenção do arqueiro rival.

Depois disso, a Alemanha apagou em campo. Os ingleses diminuíram aos 16 minutos com Harry Kane, que ganhou disputa de bola na área com Müller e Özil e finalizou longe do alcance de Neuer. O gol animou os visitantes, que pressionaram em busca do empate. Em boa chegada no toque de bola, Dele Alli ficou livre na área e chutou forte para excelente defesa de Neuer com o pé esquerdo.

E não demorou muito para sair o empate. Aos 29, a Inglaterra saiu em velocidade no contra-golpe pela direita com Clyne, que cruzou para Vardy se antecipar a Rüdiger e marcar um golaço de letra. Os ingleses quase viraram depois de bobeira de Tah, que fez sua estreia, e chance desperdiçada por Alli, chutando por cima da entrada da pequena área e com Neuer já batido.

Já nos acréscimos, aos 46 minutos da etapa final, o volante Dier ganhou de Schürrle no alto após batida de escanteio e decretou o merecido triunfo dos visitantes na capital alemã.

Ficha técnica
Alemanha 2 x 3 Inglaterra

Dia: 26 de março de 2016, sábado
Hora: 16h45 (de Brasília)
Local: Estádio Olímpico, em Berlim (ALE)
Árbitro: Gianluca Rocchi (ITA)
Assistentes: Lorenzo Manganelli e Filippo Meli  (ambos ITA)
Cartões amarelos: Can (ALE); Dier (ING)

GOLS
Alemanha: Kroos, aos 43' do 1º tempo; Mario Gomez, aos 12' do 2º tempo
Inglaterra: Kane, aos 16' do 2º tempo; Vardy, aos 29' do 2º tempo; Dier, aos 46' do 2º tempo

Alemanha: Neuer, Emre Can, Rüdiger, Hummels (Tah) e Jonas Hector; Khedira (capitão), Kroos e Özil; Reus (Schürrle), Thomas Müller (Podolski) e Mario Gomez (Götze). Técnico: Joachim Löw

Inglaterra: Butland (Forster); Clyne, Cahill, Smalling e Rose; Dier, Lallana (Barkley) e Henderson; Dele Ali, Kane e Welbeck (Vardy). Técnico: Roy Hodgson

14 comentários:

  1. Se a Alemanha continuar nessa ladeira abaixo, corre um sério risco de, na copa de 2018, dar sequencia às seleções campeãs do mundo que saem na primeira fase na copa subsequente. Desde 2006/2010 vem acontecendo isso.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente pois logo após a copa de 2014 houve uma nítida queda na qualidade do futebol apresentado pela seleção alemã. Na terça contra a Itália, é quase certa outra DERROTA pois a Alemanha NÃO consegue vencer os rivais italianos há muito tempo, mesmo em jogos amistosos e com time melhor tecnicamente.NÃO dá para vencer a euro jogando esse futebol medíocre e previsível.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. É lamentável esta derrota. Apesar de jogar contra uma Inglaterra de qualidade (há tempos não se via uma deste nível), a Alemanha tinha chances claras de ganhar esse jogo e, me arrisco a dizer, com certa facilidade. Entretanto, o que se viu foi um apagão total após o seu segundo o gol. Deste ponto em diante, era questão de tempo para sofrer um empate e uma derrota. De modo algum estou desmerecendo a vitória inglesa - a qual foi muitíssima merecida -, o fato é que a Alemanha entregou o jogo. Não sei alguém em específico é culpado ou todo o grupo em si. Espero que isso não se repita, caso contrário a chances de ganhar a eurocopa ou de conquistar uma boa colocação serão quase impossíveis.

    ResponderExcluir
  7. A Alemanha entrou em Campo com FORÇA MÁXIMA e disposta a vencer mesmo sendo um AMISTOSO.Não há desculpas para a derrota pois a INGLATERRA jogou excelente futebol no segundo tempo e mereceu a Vitoria. Alguns jogadores dessa seleção precisam ser SUBSTITUÍDOS pois já NÃO tem mais a qualidade que tinham em 2014 na copa do mundo.Na EURO algumas seleções chegarão muito fortes, como Ialia, Espanha,França, Bélgica e a própria Inglaterra.Acho que a Alemanha com esse futebol não consegue vencer o torneio.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Depois de uma derrota sempre surge vários comentários, aparecem vários "gatos mestres" !! É claro que uma seleção nacional deve ter vários jogadores e não só 11 titulares, mas ontem a natinalelf sentiu bastante falta de dois jogadores: Boateng e principalmente Schweinsteiger!! Claro que Antonio Rüdiger não se saiu tão mal apesar de um começo nervoso, mas não entendi a substituição de Low quando ele deixou uma zaga muito inexperiente no segundo tempo com : Antonio Rüdiger e Jonatas Tah !! Na minha visão se ele queria colocar o Tah que colocasse ao lado Matt Hummels . O que me deixou bastante preocupado foram as duas laterais que foram totalmente nulos!! Eu queria saber o que o Low tem contra o Schmelzer?? Emre Can nunca foi lateral direito!! O time no primeiro tempo, até os 30 minutos parecia muito apático mas após isso o time acordou e até se impôs até os 25 minutos do segundo tempo, após isso o que vi foi um time aparentemente esgotado fisicamente!! Não querendo justificar essa derrota ainda tivemos um gol a nosso favor MUITO MAL ANULADO, e um gol numa partida equilibrada daquelas (mesmo sendo um simples amistoso) faz uma diferença danada!!! Na peça ofensiva não gostei das atuações de Marco Reus, que talvez sentiu falta do Aubameyang, acho!! Mas senti falta principalmente do jogador mais importante nesta equipe: ( não que os outros não sejam importantes, longe disso!!) - Thomas Muller !!! Era notório que Muller não estava jogando com o mesmo "tesão" que ele joga no Bayern e em outros jogos pela NationalElf!!
    Sem querer justificar a derrota mas a seleção germânica ainda está sob a sombra da conquista da Copa do Mundo de 2014! Parece que isso não influencia mas com toda certeza pesa muito!!
    Outra coisa, amistoso é amistoso e eu tenho certeza que a equipe jogará com muito mais determinação quando for "valendo"!! - Sem contar que o "team" ainda está sofrendo uma leve transição!!!
    Eu aposto que a Mannschaft chega entre os quatro finalistas da Euro este ano!! Ser campeão é outro detalhe que Low tem que contornar!!!

    ResponderExcluir
  10. A Inglaterra está vivendo um grande momento, junto com a França que joga em casa e a Espanha, são os favoritos para a Euro! Concordo com a maioria das opiniões dadas aqui, a seleção alemã está numa descendente pós copa, há problemas sérios no ataque (vide a fase eliminatória p/ Euro) e principalmente no setor defensivo e nas laterais. Por mais paradoxal que seja, os campeões do mundo não são os favoritos ao título da Euro! Há equipes, hoje, melhores, dentre elas a Inglaterra. p.s. O próximo adversário é a Itália... Hummm, somos fregueses de carteirinha, se um time dente de leite jogar com uma camiseta azul, empata com os campeões do mundo; Impressionante, a seleção alemã não consegue vencer a italiana. Não lembro quando foi a última vitória e olhe que tenho quase 50 anos e acompanho futebol faz um tempinho... (acho que foi 1x0 em um torneio na Suiça, na década de 80, mas não tenho muita certeza).

    ResponderExcluir
  11. Com certeza! A Alemanha NÃO consegue vencer a Itália de jeito nenhum mesmo tendo jogadores melhores e uma equipe mais organizada taticamente.No jogo de terça dificilmente a Alemanha vence, no máximo consegue um empate e talvez saia derrotada mais uma vez.

    ResponderExcluir