Ad Home

Últimas

Após excelente temporada, Naldo cita continuidade na carreira: "Posso jogar mais dois ou três anos"

Por Taynã Melo
@melonomatopaico

Aos 35 anos, zagueiro brasileiro atuou em todos os jogos do Schalke 04 na campanha que resultou no vice-campeonato da Bundesliga

Foi uma temporada surpreendente e inesquecível. Após um ano sem pretensões, o Schalke 04 voltou a figurar na parte superior do futebol alemão, principalmente com o bom desempenho que resultou no vice-campeonato da Bundesliga e na eliminação na DFB-Pokal apenas na semifinal.

Um dos pilares fundamentais para a consolidação do excelente trabalho feito pelos Azuis-Reais foi o veterano zagueiro brasileiro Naldo. O jogador tem 35 anos de idade e usou bastante a experiência em prol do time. O atleta atuou em todos os jogos da equipe na primeira divisão nacional, teve números expressivos e foi determinante para o sucesso do clube.


Para se ter uma ideia, o defensor disputou sua 12ª edição consecutiva do Campeonato Alemão e fez parte do elenco que terminou com a terceira melhor defesa. Mas Naldo aprontou também no setor ofensivo. Foram sete gols marcados — dois diante do arquirrival Borussia Dortmund — e o reconhecimento do trabalho como um dos melhores zagueiros da Liga.

Em entrevista ao portal "Kicker", o brasileiro destacou que teve o melhor ano em sua trajetória em terras alemãs, além de citar o cumprimento de metas estabelecidas. Naldo apontou também a necessidade de cuidar física e mentalmente do corpo para manter o bom nível e a longevidade no futebol.

“Meu objetivo era me qualificar à Uefa Champions League. Fizemos isso, e seria louco a gente perder essa vaga. Eu me senti muito bem, mas agora estou com uma idade em que devo prestar muita atenção ao corpo mentalmente, mas especialmente nas condições físicas. Acredito que posso jogar por dois ou três anos na Bundesliga se eu continuar a cuidar bem do meu corpo”.

As boas atuações com a camisa da equipe de Gelsenkirchen renderam matérias circuladas na Alemanha com o questionamento referente à sua ausência na seleção brasileira, principalmente às vésperas da disputa da Copa do Mundo. Foram apenas quatro convocações, a última em 2007. Ao comentar este fato, Naldo deixa claro que a idade possivelmente tenha sido um fator preponderante em não ser citado em nenhum momento por Tite e a comissão técnica da CBF.

“Quando eu considero como a segunda metade da Bundesliga foi para mim pessoalmente, chego à conclusão de que talvez a minha idade tenha sido decisiva em perder uma convocação. Teria ficado muito feliz em ser convocado. Mas, mesmo longe, estive com os dedos cruzados sem ressentimento, na torcida pelos meus compatriotas”.

Em uma breve análise sobre o desempenho do Schalke a partir do próximo mês de agosto, o zagueiro acredita que a cobrança será intensificada por causa do bom futebol apresentado na temporada passada, mas que o time está reforçado de boas peças para manter a briga nas primeiras posições dos certames a serem disputados.

“A Liga olha para nós mais e mais. A pressão é alta, mas não podemos considerar isso um fardo, em hipótese alguma. Temos um forte espírito de equipe e nos fortalecemos muito bem, nossa equipe melhorou”.

O Schalke 04 vai disputar a Uefa Champions League, a Bundesliga e a DFB-Pokal a partir deste segundo semestre. O time sofreu importantes modificações em seu plantel. Saíram o lateral-direito Coke (Levante) e os meias Goretzka (Bayern de Munique) e Max Meyer e o atacante Marco Pjaca (Juventus).

Em contrapartida, a equipe recebeu de volta o zagueiro Höwedes, o lateral-direito Hemmerich, os meias Geis e Wright e o atacante Avdijaj — todos retornaram após empréstimo em diversos clubes da Europa. A diretoria também anunciou as contratações do zagueiro Salif Sané (Hannover 96), dos meias Mascarell (Eintracht Frankfurt) e Suat Serdar (Mainz 05), além dos atacantes Skrzybski (Union Berlin) e Mark Uth (Hoffenheim).

Pela DFB-Pokal, os comandados de Domenico Tedesco irão enfrentar o Schweinfurt, da quarta divisão, no dia 17 de agosto. Uma semana depois, enfrentam o Wolfsburg na Volkswagen Arena pela abertura da Bundesliga.

Nenhum comentário