Ad Home

Últimas

Hertha cumpre promessa e doa dinheiro à filha do atacante Alex Alves, ídolo do clube morto em 2012

Jogador do Hertha Berlim entre 1999 e 2003, o atacante Alex Alves morreu em 2012 aos 37 anos de idade, vítima de leucemia. Poucos dias após seu falecimento, o clube anunciou que faria um seguro para a filha dele, Alexandra, que na época estava com 13 anos.


"É claro que vamos ajudar a menina. Nós vamos fazer um seguro para a Alexandra, que ela poderá usar quando for mais velha. Acho que é justo e seria legal com Alex Alves se ajudássemos a sua filha", disse na ocasião Michael Preetz, ex-jogador e diretor esportivo do time berlinense, tendo atuado ao lado do brasileiro.

E a promessa do Hertha será cumprida.

Alexandra França Alves, filha do ex-atleta com Nadya França, completou 18 anos no último dia 7 de outubro, agora é maior de idade e o clube da capital alemã informou que fará o pagamento de tudo que foi arrecadado na poupança desde 2012.

Ingo Schiller, diretor financeiro do clube germânico, confirmou a ajuda em conversa com o Bild. "Estamos muito satisfeitos que agora podemos contribuir para o desenvolvimento da família do Alex. O que Michael Preetz anunciou naquela época está sendo implementado agora", comentou.

Os valores não foram divulgados, mas o Hertha admite que a quantia fará com que a jovem possa planejar seu futuro com mais tranquilidade, como estudos e outros projetos. Bela atitude!

Alex Alves foi revelado no Vitória, da Bahia, e passou por Palmeiras, Juventude, Cruzeiro e  Portuguesa antes de chegar ao Hertha, em 1999. Em 2003 foi negociado com o Atlético-MG, passando posteriormente por Vasco, novamente Vitória, Guangzhou R&F (China), Boavista (RJ), Fortaleza, Kavala (Grécia) e União Rondonópolis, seu último clube, em 2010.





Nenhum comentário