Incontestável, Alemanha enfia 4 a 1 no México e está na final da Copa das Confederações



Com uma atuação segura, consistente e incontestável, a Alemanha superou o México por 4 a 1 na semifinal da Copa das Confederações (com dois de Goretzka, um de Timo Werner e outro de Younes) e está na grande final da competição diante do Chile - na fase de grupos, a Mannschaft empatou com os chilenos em 1 a 1. Falta um passo para o título inédito.

Anote aí na agenda: domingo, dia 2 de julho, às 15h00 (de Brasília), Alemanha x Chile na decisão em São Petesburgo.

CLIQUE AQUI e confira a agenda completa de jogos da seleção alemã


Primeiro tempo

A Alemanha começou o jogo voando e abriu dois gols de vantagem antes dos 10 minutos, duas vezes com Goretzka. O time ainda teve uma outra boa chance com Werner, mas depois só deu México. A partir dos 30 minutos, a seleção mexicana passou a criar oportunidades e pressionou a Mannschaft, que tentou sair em poucos contra-ataques.

06 - GOL DA ALEMANHA! Goretzka recebeu passe de Henrichs na entrada da área e chutou no canto do goleiro Ochoa, abrindo o placar
08 - GOL DA ALEMANHA! Passe preciso de Timo Werner para Goretzka, que saiu sozinho na cara do goleiro mexicano e ampliou
18 - Werner foi lançado em profundidade por Henrichs, ficou cara a cara com Ochoa, mas parou na defesa do goleiro mexicano
31 - Draxler vacilou na defesa e perdeu a bola para Giovani dos Santos, que finalizou para fora
33 - ter Stegen fez boa defesa com o pé direito em chute cruzado de Giovani e, no rebote, pegou a cabeçada de Jonathan dos Santos
35 - Chicharito sai na cara de Stegen e tentou tirar do goleiro alemão, mandando por cima da trave
39 - Stegen espalmou para escanteio batida de falta de Hector Herrera, perto da meia-lua


Segundo tempo

Com posse de bola dividida, a etapa final foi um pouco mais equilibrada. E a Alemanha definiu o triunfo com gol de Werner, em jogadaça de Draxler com Jonas Hector. O México ainda tentou diminuir o prejuízo, chegou a acertar uma bola no travessão e diminuiu nos finalzinho, com Marco Fabian, meio-campista que atua no Frankfurt

05 - Chicharito puxou rápido contra-golpe para o México e rolou para Jimenez chutar nas mãos de Stegen
07 - Werner quase marcou o terceiro após ser lançado em profundidade. Ele saiu livre na frente de Ochoa e finalizou para fora, raspando a trave
10 - Draxler bateu falta da intermediária e Ochoa encaixou sem problemas
14 - GOL DA ALEMANHA! Draxler deu passe genial para Hector, que cruzou na medida para Timo Werner só completar para o gol vazio
18 - Marco Fabian teve a chance para diminuir, chutando na rede pelo lado de fora
24 - Layún recebeu na área e soltou a bomba para excelente defesa de Stegen
29 - Draxler fez jogada espetacular pela esquerda, entrou na área e chutou fraco nas mãos do goleiro adversário. Merecia
30 - Jimenez recebeu cruzamento e cabeceou no travessão da Alemanha
39 - Rafa Marquez, experiente zagueiro, cabeceou firme após batida de escanteio e Stegen fez a defesa
43 - GOL DO MÉXICO! Fabian soltou a bomba de muito longe e Stegen não alcançou
45 - GOL DA ALEMANHA! Younes recebeu de Can na área e só deslocou Ochoa, colocando no canto
46 - Chicharito chutou de fora e a bola passou raspando a trave

FICHA TÉCNICA
MÉXICO 1 x 4 ALEMANHA

Local: Estádio Fisht, em Sochi (Rússia)
Data: 29 de junho de 2017, quinta-feira
Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Néstor Pitana (Argentina)
Público: 37.923 pessoas
Cartões amarelos: Jimenez (MEX); Emre Can (ALE)

GOLS:
Alemanha: Goretzka, aos 6' e 8' do 1º tempo; Werner, aos 14' e Younes, aos 45' do 2º tempo
México: Fabian, aos 43' do 2º tempo

MÉXICO: Ochoa, Néstor Araujo, Alanis, Hector Moreno e Layún; Javier Aquino (Lozano), Hector Herrera e Jonathan dos Santos (Rafa Marquez); Giovani dos Santos (Fabian), Jimenez e Chicharito Hernández. Técnico: Juan Carlos Osorio

ALEMANHA: ter Stegen, Henrichs, Ginter, Rüdiger e Jonas Hector; Rudy, Kimmich, Goretzka (Emre Can) e Draxler (Younes) ; Stindl (Brandt) e Timo Werner. Técnico: Joachim Löw

Veja mais fotos do duelo:













    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários :

  1. O legal desta copa da confederações é que Low faz uma rotatividade de atletas bastante importante!! Melhor de tudo é que a equipe, mesmo com toda esta rotatividade, cresceu de produção na hora certa e é sem sombra de dúvidas favorito para levantar a taça! No primeiro jogo contra os chilenos, confesso que fiquei meio temeroso, mas hoje posso afirmar que a Mannschaft' chega melhor para a disputa desta final!!

    ResponderExcluir
  2. Se jogar da forma que jogou na primeira partida, ou seja,recuada,vai ter muita dificuldade. Tem que atuar de forma consistente pois o Chile é uma equipe muito forte. Uma disputa de pênaltis não é boa coisa pois o goleiro do Chile é especialista em defesas.

    ResponderExcluir