Alemanha supera a Inglaterra nos pênaltis, vai à final e fica a um passo do bi da Euro sub-21



A Alemanha conseguiu passar pela Inglaterra em uma emocionante e complicadíssima semifinal na cidade polonesa de Tychy, garantindo vaga na grande decisão da Euro sub-21. Após empate por 2 a 2 no tempo normal e na prorrogação, o time alemão venceu nas penalidades por 4 a 3 e agora pega a Espanha, que fez 3 a 1 sobre a Itália na outra semi.

Vale lembrar que os germânicos têm apenas um título na competição, conquistado em 2009, em torneio realizado na Suécia, além de outros três vice-campeonatos. A final da edição 2017 será na próxima sexta-feira, dia 30 de junho, às 15h45 (de Brasília), em Cracóvia.


O jogo

Depois de repetir a mesma escalação nos três jogos da fase de grupos, o técnico Stefan Kuntz fez três mudanças na equipe, sacando o zagueiro Stark e os meio-campistas Dahoud e Weiser, promovendo as entradas de Haberer, Philipp e Jung na equipe titular. O time foi esse: Pollersbeck, Toljan, Jung, Kempf e Gerhardt; Haberer, Arnold e Philipp; Meyer, Gnabry e Selke. Ainda entraram Platte, Amiri, Kehrer e Kohr.

A Inglaterra começou o jogo em cima da Alemanha e criando as melhores chances, tanto que o goleiro Pollersbeck chegou a fazer uma grande defesa para evitar o tento do adversário nos primeiros minutos. Aos poucos a Mannschaft foi tomando conta da partida e também incomodou bastante a defesa inglesa, principalmente com o lateral Toljan, que finalizou duas vezes e quase abriu o placar.

Em uma outra boa descida de Toljan pelo lado direito, aos 35 minutos, ele apareceu bem na área e cruzou na medida para o centroavante Davie Selke cabecear firme para o fundo das redes, deixando os germânicos em vantagem. Aos 41, após batida de escanteio, a zaga alemã cochilou e Gray ficou com a sobra para empatar.

No começo do segundo tempo, a Inglaterra virou o jogo com Abraham, aparecendo livre na pequena área depois de boa jogada de Hughes. Em desvantagem no marcador, o técnico Kuntz colocou Felix Platte na vaga de Selke e o centroavante grandalhão empatou aos 25 minutos, usando a cabeça após batida de escanteio. Na sequência, o mesmo Platte chegou a marcar outra vez de cabeça, mas a arbitragem anotou impedimento e anulou o lance.

Com o empate nos 90 minutos, a decisão da vaga foi para prorrogação. E a Alemanha dominou praticamente todos os 30 minutos de tempo-extra, dando pouco espaço para o rival, se mantendo no campo de ataque e criando algumas oportunidades, mas sem conseguiu balançar as redes. Nas penalidades, vitória alemã por 4 a 3 - Arnold, Philipp, Meyer e Amiri fizeram, enquanto Gerhardt errou. O goleiro Pollersbeck fez duas defesas e garantiu a classificação.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. É impressionante o quanto existem seleções que tem enormes dificuldades em vencer jogos contra outras. A Alemanha é freguesa histórica da Itália, mesmo nas divisões de base, assim como a Itália não consegue vencer a Espanha, mesmo em amistosos. Vimos isso agora no torneio SUB 21, onde a Alemanha mais uma vez perdeu pra Itália por 1 a o, e a Itália perdendo para a Espanha por 3 a 1. Na final, a Alemanha terá pela frente a Espanha, outra seleção que sempre estraga os planos de conquistas da Alemanha e que tem tudo para deixar a Mannschaft com o vice campeonato. Tomara que essa maldição seja quebrada, e que a Alemanha possa se sagrar bi campeã européia sub 21.

    ResponderExcluir