Seleção da 34ª e última rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro:  Christian Mathenia (Hamburgo)

O Wolfsburg bem que tentou fazer os seus gols para escapar da partida de playoff mas parou em uma tarde inspiradíssima do goleiro Mathenia. Foram 4 defesas ao longo da partida, sendo duas delas impressionantes.

Zagueiros: Bastian Oczipka (Eintracht Frankfurt), Frederik Sorensen (Colônia) e Kevin Vogt (Hoffenheim)

O Frankfurt perdia para o RB Leipzig por 2 a 0 até Oczipka aparecer. Nos últimos minutos da partida o lateral esquerdo foi ao ataque e deu as duas assistências que garantiram o empate da sua equipe.

Depois de dois jogos com a defesa comprometendo, o Colônia encontrou em Sorensen o pilar defensivo para não sofrer qualquer gol. O dinamarquês demonstrou solidez e segurança com 4 desarmes e 8 divididas em 11 disputadas.

Outro que contribuiu consideravelmente para que o seu time saísse sem sofrer gols foi Vogt. Com 5 desarmes e 91% de aproveitamento nos passes, o zagueiro do Hoffenheim não deu qualquer chance ao Augsburg.

Meio de campo: Kai Havertz (Bayer Leverkusen) e Marco Reus (Borussia Dortmund)

Parece que o Leverkusen encontrou uma jóia rara, já que Havertz vem tendo atuações impressionantes. Na goleada sobre o Hertha Berlim, o garoto de 17 anos marcou duas vezes, ajudando os Aspirinas a terminar a temporada de forma digna.

É bom ver que Reus está de volta aos seus melhores dias. Diante do Werder Bremen, participou intensamente da partida e foi perigo constante para a defesa adversária. Prova disso são os dois gols marcados, sendo um deles em cobrança de pênalti.

Pontas: Arjen Robben (Bayern de Munique) e Filip Kostic (Hamburgo)

Na despedida de Lahm, Xabi Alonso e Starke, um dos grandes destaques do Bayern de Munique foi novamente Robben. Com arrancadas e passes precisos, o holandês foi premiado com duas assistências e um gol.

Se o Hamburgo escapou de jogar a partida de playoff que poderia rebaixá-lo, deve isso em grande parte a atuação de Kostic. Ele comandou a virada dos Dinos frente ao Wolfsburg com o gol que empatou a partida e a assistência que culminou no gol salvador a três minutos do fim do jogo.

Atacantes: Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund), Max Kruse (Werder Bremen) e Yuya Osako (Colônia)

Aubameyang é o grande artilheiro da Bundesliga 2016/17. E o prêmio de Torjägerkannonen só veio graças aos dois gols (sendo um de pênalti) que marcou no duelo contra o Werder Bremen. Ainda ajudou os aurinegros a garantir a vaga direta na fase de grupos da próxima Uefa Champions League.

Se tivesse feito um primeiro turno mais consistente, Kruse poderia ter brigado com Aubameyang e Lewandowski pela artilharia da competição. Isso porque o segundo turno foi incrível e o maior exemplo disso foi a partida contra o Dortmund. O Bremen perdeu a partida, mas o atacante fez um gol e ainda deu uma assistência.

Um atacante do Colônia marcou um gol, deu uma assistência e foi fundamental para colocar o time na fase de grupos da Uefa Europa League depois de mais de duas décadas. Você errou se pensou em Modeste, já que dessa vez o homem da partida foi o japonês Osako.

    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário