Seleção da 33ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Alexander Schwolow (Freiburg)

Em uma rodada recheada de gols, Schwolow foi um dos poucos goleiros que se destacou. Contra o Ingolstadt, foram incríveis oito defesas ao longo dos 90 minutos de partida.

Zagueiros: Jannik Verstergaard (Borussia Mönchengladbach), Lukas Klünter (Colônia) e Marvin Plattenhardt (Hertha Berlim)

O zagueiro dinamarquês do Gladbach gosta de ir ao ataque e fazer os seus gols. Contra o Wolfsburg não foi diferente. Verstergaard abriu o placar da partida com uma cabeçada certeira.

Atuando pela lateral direita, Klünter foi bem tanto ofensivamente como defensivamente. Roubou cinco bolas e ainda fez um golaço ao driblar meio time do Leverkusen.

Plattenhard dominou o lado esquerdo do campo pelo Hertha Berlin. Foi um total de 8 cruzamentos, sendo 4 deles certos. Em uma dessas jogadas pelos flancos deu uma assistência. Alô Joachim Löw, olho nele!

Meio de campo: Milos Jojic (Colônia) e Andrej Kramaric (Hoffenheim)

O Colônia não derrotou o Leverkusen no Rhein-Derby, mas não foi pela inoperância de Jojic. O sérvio foi bastante acionado pelos Bodes e mostrou ser decisivo com um gol e uma assistência.

Que o Hoffenheim tem em sua grande força o coletivo, isso não é novidade pra ninguém. Mas o time não deixa de ter os seus talentos individuais. Nessa rodada, Kramaric foi o grande nome da vitória sobre o Bremen, com dois gols e uma assistência.

Pontas: Emil Forsberg (RB Leipzig) e Arjen Robben (Bayern de Munique)

Bayern x Leipzig devia ser um confronto em que os dois lados pudessem sair com a vitória. Pelo lado dos Touros, mais uma vez quem tomou conta das ações foi Forsberg. Usou e abusou dos espaços e conferiu duas assistências. É de longe o maior assistente da Bundesliga.

Já pelo lado bávaro, um dos grandes destaques foi novamente Robben. O holandês tomou conta do lado direito do campo e fez um golaço que ainda por cima foi o gol da vitória do Bayern, driblando três jogadores adversários e marcando com um toque por cima do goleiro.

Atacantes: Timo Werner (RB Leipzig), Robert Lewandowski (Bayern de Munique) e Adam Szalai (Hoffenheim)

Pela segunda semana seguida, o nome de Werner consta nessa seleção. Isso porque dessa vez o jovem atacante não só marcou dois gols, como participou da partida em todos os momentos, caindo também pelos lados do campo e auxiliando seus companheiros na armação das jogadas.

Outro que sempre frequenta este espaço é Lewandowski. O polonês fez um de cabeça e outro de pênalti e assumiu a artilharia do campeonato a apenas uma rodada do final.

Diante do Bremen, Szalai foi um excelente parceiro de ataque para Kramaric. O húngaro deu um passe para gol e ainda marcou o seu próprio.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário