Seleção da 25ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Oliver Baumann (Hoffenheim)

Não seria exagero dizer que Baumann garantiu a vitória do Hoffenheim sobre o Leverkusen. Foram sete defesas difíceis na partida, o que garantiu a ele o chamado clean sheet.

Zagueiros: Benjamin Hübner (Hoffenheim), Sokratis (Borussia Dortmund) e Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Quem também contribuiu para que o Hoffe não sofresse qualquer gol foi o zagueiro Hübner. Soberano pelo lado esquerdo no setor defensivo, conseguiu 5 roubadas de bola e 94% de passes certos.

O Ingolstadt fez boa partida contra o Dortmund, mas esbarrou na zaga bem postada dos auri-negros. Neste setor, quem mais se destacou foi Sokratis, contribuindo com 3 roubadas de bola e 12 duelos vencidos em 15.

Embora seja volante, Luiz Gustavo vem jogando como zagueiro no time Wolfsburg. E o brasileiro não vem decepcionando. Contra o Darmstadt, esteve o tempo inteiro seguro a atingiu a marca impressionante de 97% de aproveitamento nos passes.

Meio de campo: Thiago Alcântara (Bayern de Munique) e Mathias Lehmann (Colônia) 

O espanhol continua comendo a bola no time da Baviera. Mais uma vez presente em todo o campo, foi o jogador bávaro que mais teve toques na bola. Além disso, foram 9 passes longos, 3 passes importantes e principalmente uma assistência que deixou Müller na cara do gol.

Em dia inspiradíssimo no Colônia, não foram poucos os jogadores que se destacaram. Um deles foi Lehmann, que deu duas boas assistências aos seus companheiros.

Pontas: Sead Kolasinac (Schalke 04) e Zlatko Junuzovic (Werder Bremen)

Kolasinac vem fazendo uma temporada bastante consistente pelos azuis-reais. Contra o Mainz, o bósnio foi o homem do jogo ao ser bem forte defensivamente com 7 roubadas de bola e também decisivo no ataque com belo gol em jogada construída desde o campo de defesa.

Se Gnabry e Kruse estão ausentes, não tem problema. O Werder Bremen conta com o protagonismo de Junuzovic para vencer sua partida. O austríaco foi decisivo com um gol e uma assistência no triunfo sobre o RB Leipzig.

Atacantes: Arjen Robben (Bayern de Munique), Anthony Modeste (Colônia) e Yuya Osako (Colônia)

Robben não escondeu sua irritação ao ser substituído no decorrer da partida diante do Gladbach. Se for levar em conta o seu desempenho, o holandês tem certa razão. Perigo constante para a defesa dos potros, deu 4 chutes a gol, sendo um deles uma bola na trave.

A briga pela artilharia é entre Lewa e Auba, certo? Errado! Isso porque dessa vez tem um intruso de muita qualidade. Modeste marcou um hat-trick contra o Hertha Berlim e chegou aos 22 gols, um acima do polonês e um abaixo do gabonês.

É incontestável que a grande estrela dos bodes é Modeste. Mas ele não é o único jogador importante para o time. O japonês Osako vez por outra marca os seus tentos e dá suas assistências. Dessa vez não foi diferente: um gol e um passe para gol.

    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário