Em dia infeliz de Aubameyang, BVB perde do Benfica no jogo de ida das oitavas



O Borussia Dortmund fez um bom jogo em Lisboa, no duelo de ida das oitavas da Champions League diante do Benfica, mas saiu derrotado: 1 a 0 para os portugueses, que agora jogam por um empate na partida de volta, na Alemanha, no dia 8 de março. A equipe alemã não contava com uma noite desastrosa de Aubameyang, que perdeu duas chances claríssimas de gol e ainda desperdiçou um pênalti.

O duelo no estádio da Luz começou a mil por hora, com as duas equipes buscando o ataque nos minutos iniciais. Mas foi o time aurinegro que criou as melhores oportunidades, sendo superior no primeiro tempo de jogo.

Na principal chance, Aubameyang recebeu de Dembele na entrada da área, ficou cara a cara com o goleiro Ederson, mas, livre de marcação, finalizou por cima da trave. Dembele também quase abriu o marcador depois de receber na pequena área e chutar na marcação de Lindelöf, que salvou o tento. Depois, em jogada de Guerreiro, Auba não alcançou o cruzamento já com o gol aberto.

No fim da etapa inicial, Ederson cometeu falta em Dembele na risca da grande área, mas a arbitragem não anotou o pênalti - e sequer deu a infração do arqueiro brasileiro do time português.

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Luisão escorou após batida de escanteio e o grego Mitroglou abriu o placar. E foi só isso que os anfitriões fizeram. Mesmo saindo atrás, o BVB continuou melhor, dominando as ações e parou em três excelentes defesas de Ederson: a primeira em chute de Dembele, a segunda em finalização à queima roupa de Marco Reus e a terceira numa bomba de fora da área de Piszczek.

Aubameyang teve uma outra chance claríssima para balançar as redes, recebeu livre na área e, mais uma vez, chutou por cima. Na sequência, Fejsa colocou a mão na bola dentro da área e o juiz marcou pênalti para os alemães. E para completar sua noite infeliz, Auba perdeu a penalidade, finalizando no meio do gol e parando nas mãos do goleiro do Benfica.

Assim que perdeu a penalidade, o técnico Thomas Tuchel sacou Auba da partida e colocou Schürrle no seu lugar. O Borussia Dortmund seguiu bem melhor dentro de campo, buscando o ataque e sem ter problemas no seu sistema defensivo, que não foi incomodado pelos donos da casa. O Benfica, no entanto, conseguiu segurar o triunfo até o apito final. E com Ederson fazendo defesas dificílimas em finalizações de Pulisic e Schürrle.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário