Aubameyang tem mala extraviada e vai de boné e camiseta à cerimônia de gala



Por Lucas Prado

O extravio de bagagem fez Pierre-Emerick Aubameyang ir vestido de forma informal à cerimônia de gala do futebol africano, informaram os organizadores nesta sexta-feira. O atacante foi para Abuja, capital da Nigéria, por ter sido o finalista do prêmio de Jogador Africano do Ano.

Porém, enquanto os seus colegas e dignitários estavam vestidos de maneira formal, o atacante do Borussia Dortmund acabou forçado a ir ao evento com vestimentas casuais, incluindo uma camiseta e um boné de beisebol.


"Aubameyang apenas chegou ao Hotel Hilton em Abuja, uma hora antes do evento sem suas malas, sendo que elas foram extraviadas na viagem. Esse é o porquê de ele ter se vestido daquela maneira", afirmou Junior Biyam, porta-voz da CAF.

O atleta nascido na França e que defende a seleção de Gabão foi às redes sociais para explicar o motivo de não estar usando trajes formais. "O momento quando você acaba de de chegar à cerimônia da jogos africano do ano, e eles perderam sua bagagem. Então é como nós nos vestimos nesta noite. Obrigado, Lufthansa", escreveu o atleta de 27 anos no Instagram.

Uma foto publicada por Aubameyang (@aubameyang97) em

Campeão inglês com o Leicester City na última temporada, o argelino Riyad Mahrez levou o prêmio da noite, à frente de Aubameyang, que fora o vencedor em 2015. O senegalense Sadio Mané, do Liverpool, terminou na terceira posição. Tanto Mahrez quanto Mané estavam vestindo ternos.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário