Jogador alemão leva tiro no pescoço durante assalto; sua tia morreu

O jovem defensor alemão Marc Wachs, de 21 anos de idade e que atua no Dynamo Dresden, da 2ª divisão da Bundesliga, foi baleado no pescoço durante um assalto na cidade de Wiesbaden, em um mini-mercado da família - ele passou por uma cirurgia de emergência e, segundo os médicos, não corre risco de morte.

Seu tio Bodo, de 63 anos, também levou um tiro e conseguiu sobreviver, enquanto sua tia Manuela, de 59, não resistiu aos ferimentos dos disparos e morreu.

Em um comunicado oficial no Facebook, o Dynamo lamentou a tragédia. "Estamos profundamente abalados e chocados com isso. Todos em Dresden estão apoiando Marc e sua família, dando todo suporte necessário. Ele foi gravemente ferido, mas não corre risco. Nossos pensamentos estão todos contigo, Marc".



A polícia alemã ainda não sabe do paradeiro do assassino, que fugiu após o latrocínio, mas já tem um retrato falado.

    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário