Ad Home

Últimas

Schalke vende Sané por 50 milhões de euros e contrata dois reforços

O jovem Leroy Sané não é mais jogador do Schalke. Aos 20 anos de idade, o meio-campista alemão acertou sua transferência ao Manchester City, agora treinado por Pep Guardiola, que pagou 50 milhões de euros aos Azuis-Reais, segundo a Kicker - é o negócio mais caro da história do S04 e o segundo maior da Bundesliga, atrás apenas da saída de Kevin De Bruyne ao mesmo City (75 milhões de euros).

É também o jogador alemão mais caro da história, superando os 44 milhões de euros que o Arsenal pagou ao Real Madrid para ter Mesut Özil.


"Eu acompanhei Pep no Barcelona e no Bayern, onde ele teve muitas conquistas e trabalhou muito bem com jogadores jovens. Eu acho que ele pode me tornar um jogador mais completo. Acho que vou precisar de um pouco de tempo para começar porque é outra liga e há um estilo diferente de jogo, mas acho que posso me adaptar muito rapidamente", disse Sané, que fez 42 jogos na última temporada, com nove gols anotados.

Sané sai, outros chegam

Apesar de ter perdido Sané para o City, o Schalke re reforçou com dois nomes. Chegam ao clube o lateral-esquerdo de Baba Rahman, do Chelsea e que já atuou no Augsburg - empréstimo de um ano - e o lateral-direito Coke, campeão da Liga Europa pelo Sevilla, que custou 3 milhões de euros e assinou vínculo válido por três anos.

Um comentário: